Alexandre (filho de Lisímaco)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Alexandre foi um filho de Lisímaco.[1] [2] [3] Sua mãe pode ter sido Amastris,[3] ou uma mulher do Reino Odrísio.[1] [2] Lisímaco havia feito guerra contra o Reino Odrísio, mas terminou celebrando um acordo de paz, em que sua filha foi dada em casamento ao rei dos Getae.[4]

Alexandre capturou a cidade de Cotilion, na Frígia, usando a seguinte estratégia: ele entrou na cidade acompanhado de duas crianças, quando a porta foi aberta ele sinalizou a seus homens, tirando o chapéu, que capturaram a cidade.[3]

Após o assassinato de Agátocles, filho de Lisímaco,[Nota 1] Lisandra, esposa de Agátocles, fugiu para Seleuco I Nicator, levando seus filhos; Alexandre foi junto.[1]

Após a batalha contra Seleuco em que Lisímaco foi morto, Alexandre conseguiu seu corpo e enterrou-o no Quersonésio; seu túmulo ainda podia ser visto à época de Pausânias.[2]

Alguns historiadores modernos [carece de fontes?] sugerem que Alexandre foi rei da Macedônia no período de anarquia após a invasão gaulesa da Grécia, tendo reinado após Sóstenes e Ptolemeu, e antes de Pirro do Épiro.[5]

Notas e referências

Notas

  1. Arsínoe II, esposa de Lisímaco, caluniou Agátocles pois queria a herança para seus filhos

Referências

  1. a b c Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 1.10.4
  2. a b c Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 1.10.5
  3. a b c Polieno, Estratagemas, Livro VI, Capítulo XII, Alexandre, filho de Lisímaco [fr] [en]
  4. Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 1.9.6
  5. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro XXII, 4.1 [ael/fr][en]