Allium ursinum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaAllium ursinum
alho-de-urso

alho-de-urso
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Asparagales
Família: Amaryllidaceae
Género: Allium
Espécie: Allium ursinum
Nome binomial
A. ursinum
L., 1753

Allium ursinum (ou Alho dos ursos) é uma espécie do gênero Allium. Sendo assim apresenta semelhança ao alho-poró, à cebola e ao alho. Também é conhecido como alho-dos-ursos, alho selvagem.

Localização[editar | editar código-fonte]

A planta é presente na Europa e Ásia.1 Mais especificamente em quase toda Europa com exceção das regiões mediterrâneas, em algumas regiões da Hungria ao norte asiático e regiões de muita altitude. Prefere locais de sombra, húmidos e ricos em húmus, como por exemplo florestas latifoliadas ou matas ciliares, onde crescem em barrancos, de baixo de arbustos, perto de ricahos2 e locais de solo preferivelmente friável.

Sistemática da espécie[editar | editar código-fonte]

Histórico[editar | editar código-fonte]

O nome da espécie Allium ursinum foi introduzido em 1753 por Carl von Linné e publicado na obra Species Plantarum pela primeira vez. Plinius der Ältere já designava o Alho dos ursos como allium ursinum e Johann Bauhin como allium ursinum bifolium vernum sylvaticum.3 Já a origem da referência feita aos "ursos" no nome Alho dos ursos é desconhecida.

Sinonímia taxonômica[editar | editar código-fonte]

São sinônimos de Allium ursinum L. as seguintes combinações:4


Alho de urso na época de florescer.

Substâncias contidas na planta[editar | editar código-fonte]

Além de conter componentes sulfúricos (como por exemplo sulfóxidos e derivados da cisteína) o alho-de-urso também contém flavonoides e traços de prostaglandina A, B e F, como também lecitinas específicas às folhas da planta.5

As folhas frescas podem conter um teor de cerca de 0,005 % aliina, e cerca de 0,07 % se ressecadas.5

Forma de consumo[editar | editar código-fonte]

As folhas do alho-de-ursos são comestíveis; estas podem ser usadas em forma de tempero,6 salada, como legume cozido,7 , em sopas e como pesto no lugar do basílico. Os bulbos e flores também são aparentemente degustáveis.

Aspecto do alho de urso numa floresta de faias.

Se cozida a planta perde seu sabor característico, pois o calor modifica as substâncias sulfúricas (responsáveis pelo paladar da planta) contidas nesta. Por isso há preferência pelo consumo cru. Na sua época de colheita também pode ser usada no lugar da salsa ou cebola.

Uso medicinal[editar | editar código-fonte]

Entre os usos populares, o alho-de-urso é indicado contra males do estômago e intestino, por ter propriedade bactericida. Como também para problemas de hipertensão, arteriosclerose e antialérgico.5 Dentro da medicina é conhecido pelo uso terapeutico na desintoxicação de metais pesados e muitos outros.

Na era medieval era conhecido como herba salutaris e era usado como planta medicinal e comestível. Também era acreditado que este poderia repelir malefícios e maldições.5

Referências

  1. GRIN-CA, Agriculture and Agri-Food Canada (em inglês)
  2. Gustav Hegi: Illustrierte Flora von Mitteleuropa, Band II Teil 2, 2. Auflage, Carl Hanser Verlag, München 1939, S. 286-288
  3. Helmut Genaust: Etymologisches Wörterbuch der botanischen Pflanzennamen, 3ª Ed.edi., Birkhäuser, Basel 1996, ISBN 3-937872-16-7 (em alemão)
  4. Allium ursinum, in Tropicos.org (em linha). Missouri Botanical Garden, St. Louis
  5. a b c d Max Wichtl (Hrsg.): Teedrogen und Phytopharmaka. 4. Auflage, Wissenschaftliche Verlagsgesellschaft, Stuttgart, 2002. ISBN 3-8047-1854-X, S. 23f.
  6. Johannes Seidemann. World spice plants. [S.l.]: Springer, 2005. 27 p. ISBN 978-3-540-22279-8 Página visitada em 13 April 2011.
  7. Peter Hanelt. Mansfeld's Encyclopedia of Agricultural and Horticultural Crops. [S.l.]: Springer, 11/05/2001. 2251– p. ISBN 978-3-540-41017-1 Página visitada em 21-04-2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Allium ursinum

Veja também[editar | editar código-fonte]