Ambrose Bierce

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambrose Bierce
Ambrose Bierce, circa 1866.
Data de nascimento 24 de junho de 1842
Local de nascimento Condado de Meigs, Ohio, Estados Unidos
Data de falecimento Algum momento após 26 de dezembro de 1913;1
Gênero(s) Satírico
Ocupação Escritor, Jornalista
Movimento Realismo
Influências Jonathan Swift · Voltaire
Edgar Allan Poe · Mark Twain
Influenciados H.L. Mencken · William March
Jorge Luis Borges · Julio Cortázar
Stephen Crane · Ernest Hemingway

Ambrose Gwinnett Bierce (Condado de Meigs, Ohio, 24 de junho de 1842 — após 26 de dezembro de 1913 2 ) foi um crítico satírico, escritor e jornalista estadunidense, particularmente conhecido pela sua obra O Dicionário do Diabo.

Definia que "sozinho" era estar em "má companhia". Bierce fez do cinismo, misturado ao humor negro, sua marca registrada. Família, nação, raça humana: nada escapava de suas estocadas, até hoje repetidas nos Estados Unidos.

Contista excelente, suas obras são constantes em qualquer antologia de contos americanos. Aos 71 anos, Bierce seguiu em viagem para o México e desapareceu sem deixar rastros. A teoria mais popular diz que ele foi fuzilado pelos revolucionários do exército de Pancho Villa.

O local e a data de sua morte são incertos, sendo que teria falecido provavelmente dezembro de 1913 ou 1914, presumidamente no México.

A primeira compilação e tradução integral dos seus contos em Língua Portuguesa foi editada em 2010 pela Eucleia Editora.

Obras[editar | editar código-fonte]

Os Contos Completos de Ambrose Bierce, (Eucleia Editora)
  • O Dicionário do Diabo
  • Cruzando o Umbral
  • Visões da Noite
  • Luar sobre a Estrada
  • Um Incidente na Ponte de Owl Creek
  • No Limiar do Irreal

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Ambrose Bierce
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.