Anders Nordin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Anders Nordin
Informação geral
País  Brasil
Gênero(s) Death metal progressivo
Instrumento(s) Bateria
Gravadora(s) Candlelight
Century Black
Peaceville
Music for Nations
Koch
Roadrunner
Afiliação(ões) Opeth

Anders Nordin é um baterista brasileiro (adotado por pais suecos), melhor conhecido por seu trabalho com a banda de death metal progressivo, Opeth.

Opeth[editar | editar código-fonte]

Nordin foi convidado a entrar para o Opeth por Mikael Åkerfeldt, tendo anteriormente tocado com ele em outra banda de death metal, Eruption. Ao lado de David Isberg nos vocais, Mikael Åkerfeldt e Andreas Dimeo nas guitarras, e Nick Döring no baixo, Nordin se tornou um membro oficial em 1990. Outros membros iam e vinham, até que a lista foi solidificada em 1994 com Åkerfeldt nos vocais/guitarra, Peter Lindgren na guitarra, e Johan DeFarfalla no baixo.

Nordin aparece nos álbuns Orchid, de 1995 e Morningrise, de 1996. Após a turnê em apoio ao Morningrise, Nordin dicidiu sair do Opeth como ele (de acordo com Åkerfeldt)[1] tinha informado à banda, ele foi para o Brasil. Entretanto, em uma entrevista com o colega da banda sueca Katatonia, ele afirmou que Nordin nunca foi ao Brasil (de acordo com o guitarrista Anders Nyström e contrariamente a crença popular) e tinha ensaiado com o Katatonia (desde 1998) para uma turnê proposta, que foi cancelada devido a retirada de última hora de Nordin.[2]

A partida no som em todas as gravações posteriores do Opeth tem sido atribuída ao recrutamento do baixista Martin Mendez e do baterista Martin Lopez.

Anders está de fato residindo no Brasil, no entanto ele não se mudou para lá até bem depois de ter sido despedido da banda. Isto foi afirmado em sua entrevista para o Fan Clube Brasileiro do Opeth.[3] Em uma entrevista do verão de 2008, Åkerfeldt revelou que Anders tinha retornado do Brasil e estava vivendo na Suécia.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]