Roadrunner Records

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Roadrunner Records
Parentesco Warner Music Group
Fundação 1980
Fundador(es) Cees Wessels
Distribuidor(es) WEA
Gênero(s) Heavy metal
País de origem Países Baixos Holanda
Página oficial http://roadrunnerrecords.com/

Roadrunner é uma gravadora holandesa que trabalha principalmente com bandas do gênero musical conhecido como metal. O nome anterior da gravadora era Roadracer. A Roadrunner foi comprada pela gravadora Warner, sendo hoje uma subsidiária.

História[editar | editar código-fonte]

Grandes nomes do heavy metal internacional já passaram pela Roadrunner, como por exemplo as bandas brasileiras Ratos de Porão, Sepultura. Atualmente grandes bandas possuem um contrato com a gravadora, por exemplo: Rush, Dream Theater, Nickelback, Papa Roach, Within Temptation, Soulfly, Cradle of Filth, Killswitch Engage, Slipknot, Trivium, Nightwish, Stone Sour, Korn, Theory of a Deadman, entre outros. A banda de Metal Industrial Mushroomhead também tinha contrato com a Roadrunner Records, mas, por razões desconhecidas, a banda cessou esse contrato.

No Brasil a Roadrunner tornou-se gravadora independente em 1995, passando a lançar artistas de rock, como o Sepultura e o Soulfly, e também artistas pop, como o Jeremy Jackson. Em 1999 formou uma parceria com a Jovem Pan 2 FM, que resultou em algumas coletâneas de dance/pop/rock, como, por exemplo, Jovem Pan - Rock 'n' pop, lançada em agosto de 1999, contando com artistas do cast da gravadora como Moby, The Prodigy, Blessed Union Of Souls, Toyshop, Underworld, Moloco, Stereophonics, Jon Anderson e Basement Jaxx. Nesta mesma época a gravadora licenciava no Brasil a Mute Records, importante gravadora indie inglesa. Em 2000 a Roadrunner foi absorvida pela Sum Records, tornando-se apenas um selo.

Álbum comemorativo[editar | editar código-fonte]

Em 2005 a gravadora Roadrunner lançou um álbum comemorativo chamado Roadrunner United. O álbum foi produzido para celebrar os vinte e cinco anos de aniversário da gravadora. Artistas que possuem contrato ou que possuiram no passado foram quem participaram da obra.

Depois de vender 73,5% de suas ações em 2007, a empresa foi adquirida em sua totalidade pela Warner Music, causando a demissão de funcionários de todos os departamentos da Roadrunner. De acordo com a Billboard, o fundador e CEO, Cees Weesel, deixará a empresa junto com outras 36 pessoas.[1]

Alguns artistas já davam a entender que isso poderia acontecer, como o Metallica, que está sem contrato com uma gravadora desde Death Magnetic, de 2008, e agora estuda possíveis estratégias para o lançamento de seu próximo trabalho.

Artistas[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre gravadoras estadunidenses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências

  1. Roadrunner Records fecha escritórios Omelete.uol.com.br (2012-04-30). Visitado em 2012-05-01.