Anexo:Lista de tiranos de Siracusa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
View of Ortygia, Syracuse.jpg

Esta é uma lista que reúne os tiranos de Siracusa antes do domínio romano. Siracusa, fundada como uma colônia de Corinto em 734 a.C., foi governada inicialmente pelo Gamoroi e depois pelos nobres Killichirioi; foi conquistada pelo tirano de Gela, Gelão I, em 485 a.C. e com esta cidade dividiu seu destino até a conquista romana.

Entre 465 a.C. e 405 a.C. foi criada uma democracia moderada governada pelo povo.

Após a morte de Timoleão, Siracusa inicialmente teve um governo democrático. Com a ascensão ao poder de Sosístrato [11] e Heráclides[12] , a democracia foi transformada em oligarquia e, finalmente, Sosístrato provavelmente se autoproclamou tirano. Não se conhece, contudo, a data de seu govero.

No biênio 289-288, Siracusa ficou à mercê da guerra entre Meno[14] e Hicetas[15] , e que foi vencida pelo primeiro graças aos cartagineses. Em 288 o poder dos cartagineses foi derrotado por uma revolta.

Em 277 a.C. toda a Sicília foi conquistada por Pirro, Rei de Épiro, que teve que abandoná-la após somente um ano. Em Siracusa se instaurou a república. Após apenas seis anos o general Hierão foi aclamado tirano.

Altar de Hierão II

Após breve período de anarquia, em 212 a.C. Siracusa e Gela foram conquistadas por Marco Cláudio Marcelo, cônsul da República Romana.

Referências

  1. Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, page 236 (v. 2)
  2. Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, page 454 (v. 2)
  3. Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, page 1108 (v. 3)
  4. Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, page 1033 (v. 1)
  5. Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, page 1036 (v. 1)
  6. Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, page 1027 (v. 1)
  7. Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, page 574 (v. 1)
  8. Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, page 478 (v. 2)
  9. Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, page 1218 (v. 2)
  10. Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, page 1138 (v. 3)
  11. a b Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, page 883 (v. 3)
  12. Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, page 388 (v. 2)
  13. Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, page 63 (v. 1)
  14. Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, page 897 (v. 2)
  15. Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, page 450 (v. 2)
  16. Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, page 455 (v. 2)
  17. Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, page 237 (v. 2)
  18. Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, page 458 (v. 2)
  19. Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, page 170 (v. 1)
  20. Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, page 480 (v. 2)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui os portais: