Antoine et Antoinette

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antoine et Antoinette
O Tonio e a Toninhas[1]  (PT)
Antonio e Antonieta[1]  (BR)
1947 • PB • 78 min min 
Direção Jacques Becker
Codireção Maurice Griffe
Marcel Camus
Roteiro Jacques Becker
Maurice Griffe
Françoise Giroud
Elenco Roger Pigaut
Claire Mafféi
Gênero comédia dramática
Idioma francês
Música Jean-Jacques Grünenwald
Direção de fotografia Pierre Montazel
Edição Marguerite Renoir
Estúdio Société Nouvelle des Établissements Gaumont (França)
Distribuição Compagnie Parisienne de Location de Films
Lançamento França Festival de Cannes, setembro de 1947
França Pré-estreia 27 de setembro de 1947
França Estreia 31 de outubro
Alemanha 1948
Bélgica 13 de fevereiro de 1948
Estados Unidos 15 de abril de 1948
Suécia 1 de maio de 1948
Finlândia 26 de novembro de 1948
Dinamarca 12 de outubro de 1949
Japão 12 de fevereiro de 1950
Portugal 1 de março de 1950
Áustria 3 de novembro de 1950
Espanha 19 de fevereiro de 1951
Estados Unidos 25 de setembro de 2013 (relançamento)[1]
Página no IMDb (em inglês)

Antoine et Antoinette é um filme de tragicomédia da França de 1947, realizado por Jacques Becker.

Resumo[editar | editar código-fonte]

Um tipógrafo e uma vendedora estão satisfeitos com a sua pobre vida, até que ganham o primeiro prémio na lotaria, mas o destino reserva-lhe outras surpresas.

O bairro inteiro intromete-se na sua vida e acumulam-se os azares. Simplicidade autêntica eleva a modesta história a um nível superior e consegue detalhes realísticos, sem arrogância ou falso romantismo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Os Melhores Filmes de Todos os Tempos, de Alan Smithee, 1995

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.