Antonio Rodríguez Salvador

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antonio Rodríguez Salvador
Nascimento 22 de dezembro de 1960 (53 anos)
Nacionalidade cubana Cuba
Ocupação escritor

Antonio Rodríguez Salvador (Taguasco, 22 de dezembro de 1960) é um poeta, romancista, dramaturgo e ensaísta cubano. Tem formação universitária como economista, e foi professor-assistente de Redação e Estilo no Universidade José Martí e Dramaturgia no Universidade Pedagógica Silverio Blanco.

É considerado uma das vozes proeminentes da actual narrativa cubana [1] [2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Seu pai, Joaquim Antonio Rodrigues de Castro, também foi escritor e sua obra, que mereceu a aclamação da crítica, foi reproduzida no livro de poemas, "Flor de campanillas", publicado em 1950, e vários antologias, entre esses 200 anos do soneto em Cuba.

Ele freqüentou o ensino médio em uma escola militar, e em 1983 ele se formou em Economia pela Universidade Central de Las Villas. Ele destacou no esporte: campeão nacional de xadrez colegial 1979.

De 1987 até 1995 foi economista-chefe do maior fábrica de papel de Cuba e 1990 conduziu missões de negócios na União Soviética.

Em 1995 até 1997 serviu funções importantes no primeiro nível de gestão do papel da União em Cuba até que no ano passado seu romance Roland ganhou dois concursos realizados em Espanha e então decidiu deixar a economia e dedicar-se inteiramente à literatura

Ele é um membro da União de Escritores e Artistas de Cuba desde 1993.

De 1999 até 2002 foi diretor do Editorial Luminaria Em 2000 foi concedido o estatuto de personalidades culturais e, em 2005 foi reconhecido como distinto membro da Associação Hermanos Saiz, uma organização de escritores e artistas jovens Cuba. Em 1997 recebeu o escudo da cidade de Rojales, Alicante, Espanha.

Atualmente reside em Jatibonico, Sancti Spiritus.

Obra[editar | editar código-fonte]

Publicou os seguintes livros:

Suas obras são recolhidas em inúmeras antologias publicadas em vários países. Os principais são:

Livros editados em português (Portugal, Editorial Caminho)[editar | editar código-fonte]

  • Rolandos (romance)

Referências

  1. Líneas Aéreas. Antología del cuento Latinoamericano. Editorial Lengua de Trapo, Madrid, España, 1998. En: Prólogo del Dr. Eduardo Becerra, Universidade Autónoma de Madrid
  2. Le monde caraïbe: défis et dynamiques. Visions identitaires, diasporas, configurations culturelles. Actes du colloque international. Publications de la Maison des Sciences de l'Homme d'Aquitaine, France, 2005. Sous la direction de Christian Lerat. Université Michel de Montaigne Bordeaux 3.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]