Arlindo Barbeitos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Arlindo do Carmo Pires Barbeitos, nasceu em Catete (Bengo), Província de Bengo, Angola, em 24 de Dezembro de 1940. Em 1961, foi obrigado a fugir de seu país por motivos políticos. Foi para a França, Bélgica, Suíça, Alemanha, onde cursou Antropologia e Sociologia na Universidade de Frankfurt. Dedicou-se à Etnologia e foi professor na Universidade Livre de Berlim Ocidental e na Universidade de Angola, país ao qual regressou em 1975. A sua poesia tem reminiscências da poética tradicional africana, de tradição oral, e das poesias chinesa e japonesa.

Obra Poética[editar | editar código-fonte]

  • Angola Angolê Angolema, 1975, Lisboa, Sá da Costa;
  • Nzoji (Sonho), 1979, Lisboa, Sá da Costa;
  • Fiapos de Sonho, 1990, Lisboa, Vega;
  • Na Leveza do Luar Crescente, 1998, Lisboa, Editorial Caminho.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]