Assiut

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde julho de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.

Assiut (أسيوط, em árabe; Zawty, em egípcio) é a capital da província egípcia de Assiut, no vale do rio Nilo, a meio caminho entre o Cairo e Luxor. A moderna Assiut, localizada a 27º11'N e 31º10'E, conta com mais de 400 000 habitantes e é a cidade egípcia com o maior número de cristãos coptas. A Universidade de Assiut é uma das maiores do país.

A antiga Assiut, situada a 27°10′00″ N, 31°08′00″ E, era a capital do 13º nomo do Alto Egito.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O nome da cidade advém do egípcio primitivo Zawty (egípcio tardio, Səyáwt), recebido pelo copta como Syowt ⲥⲓⲟⲟⲩⲧ. No Egito greco-romano, chamava-se Licópolis (ἡ Λύκων πόλις, em grego), na antiga província de Tebaida.

História[editar | editar código-fonte]

Localização de Assiut às margens do Nilo

O seu lugar na história do Egito foi assegurado pela sua posição estratégica, num ponto em que o deserto líbio invade as terras de cultivo e torna o vale do Nilo mais estreito e onde a rota das caravanas de Darb el-Arabin deixa o oásis de el-Kharga para seguir para o sul.

Embora a cidade e os seus santuários (em especial o templo do deus-lobo local, Wepwawet) sejam mencionados com frequência nos textos egípcios, os vestígios descobertos até agora são quase exclusivamente relacionados com a necrópole de Assiut, a oeste da cidade moderna. Os túmulos mais importantes datam das 9ª-10ª e 12ª disnastias, mas também se encontram dois túmulos da dinastia raméssida (os de Siese e Amenófis III).

Durante o primeiro período intermédio, os grandes senhores do nomo licopolita, Keti I, Itefibi e Kheti II, eram firmes apoiantes dos reis de Heracleópolis, e o nomo constituía o limite setentrional do território heracleopolitano. Textos biográficos provenientes de Assiut fornecem informações preciosas sobre a história do conflito com os nomos do sul (ou seja, a 11ª dinastia). A vitória final de Tebas afetou negativamente o estatuto do Djefaihapy I-II, dignitários do nomo da 12ª dinastia, mas os seus túmulos mantiveram o nível artístico do período anterior.


Governadoratos do Egito Bandeira do Egito

Ad Daqahliyah | Al Bahr al Ahmar | Al Buhayrah | Al Fayyum | Garbia | Al Iskandariyah | Al Isma'iliyah | Al Jizah | Al Minufiyah | Al Minya | Al Qahirah | Al Qalyubiyah | Al Uqsur | Al Wadi al Jadid | Ash Sharqiyah | As Suways | Assuão | Asyut | Bani Suwayf | Bur Sa'id | Dimyat | Janub Sina' | Kafr ash Shaykh | Matruh | Qina | Shamal Sina' | Suhaj

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Assiut