Audio Adrenaline

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Audio Adrenaline
Informação geral
Origem Grayson, Kentucky
País  Estados Unidos
Gênero(s) Rock cristão
Rock alternativo
Período em atividade 1986-2007
2012-atualmente
Afiliação(ões) dc Talk
Newsboys
MercyMe
Página oficial www.AudioA.com
Integrantes Will McGinniss
Dave Ghazarian
Jason Walker
Jared Byers
Ex-integrantes Mark Stuart
Tyler Burkum
Ben Cissell
Brian Whitman
Bob Herdman
Barry Blair
David Stuart
Jonathan Schneck
Kevin Max

Audio Adrenaline é uma banda de rock cristão, formada em 1989, no Kentucky Christian College em Grayson, Kentucky, Estados Unidos. Junto com DC Talk e Newsboys, eles se tornaram rapidamente uma das bandas de pop rock Cristão de maior sucesso dos anos 90. Eles são mais conhecidos pelo seu hit de 1993, "Big House", e são a atração principal no festival anual Creation Festival.

Biografia[editar | editar código-fonte]

O início[editar | editar código-fonte]

A banda foi formada sob o nome de "A-180" por Mark Stuart, Barry Blair e Will McGinnis. (Em 2005, Stuart e McGinnis são os únicos membros da banda original.) Os três, juntos com Ron Gibson e o irmão de Mark, David, se tornaram uma banda local popular — convidada pela escola quase todo fim de semana.

A grande chance da banda só viria na forma de Bob Herdman. Bob entrou na banda com duas canções que ele tinha escrito, "My God" e "DC-10". Depois de "My God" ter sido gravada—sob o nome que Herdman tinha criado, "Audio Adrenaline"—ela foi enviada para as estações de rádio e tornou-se famosa rapidamente. A Forefront Records decidiu oferecer um contrato de gravação para A-180 mas, mudou o nome deles para Audio Adrenaline. Bob juntou-se a banda e David deixou-a para cuidar de sua família.

Os anos 1990[editar | editar código-fonte]

Seu primeiro álbum sob a vanguarda, o auto intitulado Audio Adrenaline, foi distribuído em 1992. O álbum seguinte, Don't Censor Me, saiu no ano seguinte. Em 1996, seu terceiro álbum, Bloom, foi gravado. Este marcou o álbum final da banda com Barry Blair como guitarrista.

Como Blair saiu, Audio Adrenaline precisava de um novo guitarrista. Tyler Burkum se juntou à banda a tempo para gravar o álbum de 1997, Some Kind of Zombie. Dois anos depois, entrou na banda um novo baterista — Ben Cissell — e um novo álbum gravado em estúdio, Underdog. Underdog se tornou o álbum de maior sucesso de crítica do Audio Adrenaline.

Os anos 2000[editar | editar código-fonte]

Audio Adrenaline recebeu o novo milênio gravando um álbum de maiores hits, Hit Parade, em 2001. No inverno do mesmo ano, eles liberaram um novo álbum de estúdio, Lift.[1] Entre o lançamento dos dois álbuns, Bob Herdman saiu da banda para se tornar presidente de uma gravadora, Flicker Records, a qual fundou junto com com Stuart e McGinnis. Em 2003, a banda lançou seu nono álbum, Worldwide.[2] Este álbum foi uma tentativa de enfatizar seu estilo de ministério e amor pelas missões — um álbum mais voltado para o Canto congregacional. O projeto da banda "Hands and Feet Project" e a turnê "The Go Show" também serviram para encorajar o trabalho missionário. Worldwide, assim como Lift, não teve um sentido do rock tradicional como seus álbuns anteriores, mais por causa do foco na canção orientada para a adoração.

Em 30 de Agosto de 2005, a banda lança seu décimo álbum, intitulado Until My Heart Caves In.[3]

Em 2007, a banda anunciou o encerramento de suas atividades devido os problemas de saúde do vocalista Mark Stuart com sua voz.[4]

Entre os desempenhos mais notáveis da Audio Adrenaline estão duas de suas canções mais populares, "Big House" e "Hands and Feet", e um dueto com The O.C. Supertones, "Blitz", do álbum Some Kind of Zombie.

Retorno da banda - atualmente[editar | editar código-fonte]

Em 2012, Audio Adrenaline anuncia seu retorno com uma nova formação, desta vez, com o renomado cantor Kevin Max (ex-dc Talk) nos vocais.[5] [6]

Em março de 2013, a banda lança o álbum Kings & Queens, primeiro trabalho inédito do grupo desde Until My Heart Caves In (2005).[7] [8]

Saída de Kevin Max e Entrada de Josh Engler[editar | editar código-fonte]

No dia 04 de junho de 2014 a banda anunciou a saída de Kevin Max e a entrada de Josh Engles (ex Abandon) nos vocais[9] .

Membros Atuais[editar | editar código-fonte]

Membros fundadores[editar | editar código-fonte]

Ex-Membros[editar | editar código-fonte]

  • Brian Hayes
  • Jason Walker
  • Dave Ghazarian
  • Mark Stuart
  • Tyler Burkum
  • Ben Cissell
  • Brian Whitman
  • Bob Herdman
  • Barry Blair
  • David Stuart
  • Phil Vaughan
  • Jonathan Schneck
  • Ron Gibson
  • Kevin Max

Discografia[editar | editar código-fonte]

Fitas (A-180)[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Ao vivo[editar | editar código-fonte]

Compilações[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Lift Allmusic. Visitado em 9 de julho de 2013.
  2. Worldwide Allmusic. Visitado em 9 de julho de 2013.
  3. Until My Heart Caves In Allmusic. Visitado em 9 de julho de 2013.
  4. Alex Eduardo. Kevin Max é o novo vocalista do Audio Adrenaline Allmusic. Visitado em 9 de julho de 2013.
  5. Everson Barbosa. Kevin Max é anunciado como o novo vocalista da banda Audio Adrenaline que volta com nova formação Gospel Mais. Visitado em 9 de julho de 2013.
  6. O Retorno: Audio Adrenaline Mistura Gospel. Visitado em 9 de julho de 2013.
  7. Kings & Queens New Release Tuesday. Visitado em 18 de outubro de 2013.
  8. Jonathan Andre. Audio Adrenaline – Kings And Queens (review) Indie Vision Music. Visitado em 18 de outubro de 2013.
  9. http://audioa.com/audio-adrenaline-announces-lead-vocalist/