MercyMe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
MercyMe
Bart Millard and Robin Shaffer in concert.JPG
Informação geral
País  Estados Unidos
Gênero(s) Rock cristão
MCC
Período em atividade 1994 - presente
Gravadora(s) INO Records
Provident Music Distribution
Página oficial www.mercyme.org
Integrantes Bart Millard
Nathan Cochran
Michael John Scheuchzer
Robin Shaffer
Barry Graul
Ex-integrantes James Bryson

MercyMe é uma banda de rock cristão norte-americana formada em Greenville, Texas. A banda é composta pelo vocalista Bart Millard, o teclista James Bryson, o percussionista Robin Shaffer, pelo baixista Nathan Cochran e pelos guitarristas Michael Scheuchzer e Barry Graul.

A banda formou-se em 1994 tendo lançado seis álbuns independentes antes de assinar contrato com a INO Records em 2001.[1] A banda ganhou notoriedade e reconhecimento após o single "I Can Only Imagine" do seu primeiro grande álbum, Almost There, que foi certificado dupla platina. Desde essa altura a banda já editou cinco álbuns de estúdio, tendo três deles sido certificados ouro, e lançaram ainda uma compilação de grandes êxitos. A banda já ganhou diversos GMA Dove Awards.

História[editar | editar código-fonte]

Formação e início[editar | editar código-fonte]

Nascido numa família e sendo filho de um jogador de futebol da Southern Methodist University Arthur Millard[2] e irmão também de um jogador de futebol,[3] o vocalista de MercyMe Bart Millard queria também seguir as pisadas e seguir o mesmo sonho, mas a sua carreira ficou por aí mesmo quando teve uma lesão no tornozelo num jogo de futebol do liceu.[2] Como resultado da lesão, Millard entrou para o coro.[3] Enquanto caloiro na universidade, Bart teve de passar pela morte de seu pai.[3] O seu pastor na altura, mudava-se do Texas para a Flórida, convidando-o a trabalhar numa banda de adoração de jovens.[3] Bart aceitou o convite e foi trabalhar no sistema de vídeo e som do grupo.[4]

Certo dia quando o vocalista do grupo teve dificuldades no palco, Bart aceitou o desafio de cantar no grupo.[4] James Bryson tocou piano nessa peça com Bart e mais tarde juntaram-se os dois numa viagem à Suíça com uma banda de adoração.[4] Esta viagem tornou-se na causa de ambos levarem em consideração de tornar a música uma coisa a tempo inteiro. Millard e o seu amigo guitarrista Mike Scheuchzer, chegou de Oklahoma City para fundar MercyMe com Bryson. O trio montou um estúdio num centro de dia abandonado.[4] O baixista Nathan Cochran e o baterista Robby Shaffer juntaram-se mais tarde tendo participado nos seis álbuns independentes antes de assinarem com a INO Records em 2001. Ao contrário dos primeiros três trabalhos, a sua carreira inicial tinha uma sonoridade mais virada para o rock.[5] O nome da banda "MercyMe" surgiu quando Bart estava na Flórida como ministro. Diz que a sua avó um dia exclamou: "Well mercy me, why don’t you get a real job?"[6] [7]

Almost There, Spoken For e Undone (2001-2004)[editar | editar código-fonte]

Após assinarem com a INO Records, a banda editou o seu primeiro grande projeto, Almost There. O single "I Can Only Imagine" valeu um Dove Awards em 2002 na categoria "Song of the Year"; contudo só após três anos do lançamento é que a música atingiu o sucesso geral,[4] tendo atingido a Billboard 200[8] e chegando à Adult contemporary e à U.S. Country Charts,[9] acabando com a certificação de dupla platina do disco. A canção surgiu num momento de dor que Bart estava a passar, com a morte do pai com cancro.[10]

Em 2002, MercyMe edita o segundo álbum, Spoken For. O disco teve dois singles, "Spoken For" e "Word of God Speak" que chegaram ao nº 1 das rádios cristãs.[8] O disco foi certificado Ouro.[11] O tema do álbum baseava-se que Deus tinha um lugar reservado para quem tivesse uma relação com Ele.[12] O trabalho de capa e interior mostra um lugar de estacionamento reservado, sendo uma metáfora para o tema do álbum.[12] O disco ganhou três Dove Awards, mas foi mais devido ao enorme sucesso do single "I Can Only Imagine" no mercado.[13]

Em 2003, o guitarrista Barry Graul juntou-se à banda,[14] dando-lhe a hipótese de participar no terceiro álbum de estúdio, Undone.[14]

Em 2004, a banda foi na turnê "Imagine Tour" com Amy Grant e Bebo Norman.[8] Durante essa turnê a banda ainda encontrou tempo para lançar o terceiro disco, Undone que teve dois sucessos no top 10: "Here With Me" que chegou igualmente à Billboard's Top 100 no mesmo ano e "In the Blink of an Eye", que no final de 2005 atingiu o nº 5 das rádios cristãs. O disco também incluía a canção "Homesick", que recebeu uma atenção especial por parte das rádios e crítica cristãs. A música foi inspirada na dificuldade daquelas quatro ou cinco semanas em que um membro da banda teve um total de oito "amores" passageiros nesse período.[2] Com a crença de que o Céu é a última casa, a música tornou-se no desejo dessas oito pessoas um dia estarem na última moradia.[2]

J. Countryman, uma divisão da Thomas Nelson, fez um contrato com a banda para o lançamento de um livro baseado na sua canção "I Can Only Imagine"; foi editado a 22 de Junho de 2004.[15]

The Christmas Sessions e Coming Up To Breathe (2005 - 2006)[editar | editar código-fonte]

Em 2005, MercyMe foi em torné com Jeremy Camp, The Afters e Monk and Neagle para a promoção do álbum "Undone".[16]

Após a edição de Undone em 2004, a banda tirou um tempo da para descanso antes de lançar o próximo disco, tendo aproveitado para trabalhar numa gravação de natal.[17] The Christmas Sessions foi editado a 27 de Setembro de 2005. O álbum foi o grande esforço para restabelecer a sonoridade rock que a banda era rotulada,[17] sendo um passo para o próximo disco Coming Up to Breathe. A banda teve ainda uma turnê de natal com Steven Curtis Chapman, que editou também um álbum de natal nesse mesmo ano, chamado All I Really Want for Christmas, que foi inspirado pela observação de Chapman de que muitas crianças órfãs acordam sem família no natal.[17]

Em 2006, MercyMe grava Coming Up to Breathe, que estreou no nº 13 da Billboard 200.[9] [18] Apesar da banda ter ganho uma reputação de ser um grupo cristão, a banda decidiu tornar Coming Up To Breathe um disco de rock.[19] Em promoção do disco, MercyMe foi na torné "Coming Up To Breathe Tour" juntamente com Audio Adrenaline e Phil Wickham na sua despedida, tendo metade dos concertos estado esgotados nas duas semanas.[20] Do disco saíram três singles, "So Long Self", "Coming Up To Breathe" e "Hold Fast".

Em 2007, a banda edita Coming Up to Breathe Acoustic, uma versão acústica do álbum Coming Up To Breathe.

All That is Within Me (2007 - presente)[editar | editar código-fonte]

A 20 de Novembro de 2007, a banda edita All That Is Within Me. Millard, o vocalista acreditava que o disco seria um álbum de adoração e que as músicas do disco seriam metade covers de outros artistas e a outra metade seriam composições autorais. Contudo, quando a banda entrou no estúdio acabou por escrever todas as faixas.[21] Do disco saíram três singles, "God With Us", "You Reign" e "Finally Home", que tiveram um bom sucesso. Tal como "I Can Only Imagine" e "Homesick", "Finally Home" também foi inspirada na morte do pai de Millard.[21]

A 7 de Abril de 2009, a banda lançou o seu primeiro álbum de grandes êxitos, 10 (o título marca a década de "I Can Only Imagine").[22] O álbum inclui um CD com onze canções e três novas gravações (incluindo a versão nova de "I Can Only Imagine" gravada juntamente com a Orquestra Filarmónica de Londres)[23] e um DVD com onze videoclipes e dois pequenos documentários.

Em 2010 a banda lança The Generous Mr. Lovewell, seu último álbum pela INO Records[24] , assinando posteriormente contrato com a Provident Music Distribution, na qual lançou os álbuns The Worship Sessions (2011) e The Hurt & The Healer (2012).[25] [26]

Em novembro de 2013 a banda divulga o single de seu novo álbum Welcome To The New, o qual foi lançado juntamente com um videoclipe, se tornando um grande sucesso nas rádios cristãs norte americanas.[27]

Acidente trágico[editar | editar código-fonte]

No sábado dia 8 de Agosto de 2009, a banda viajava de Ft. Wayne no Indiana para St. Louis no Missouri, quando se envolveram num trágico acidente que provocou três mortes, inclusive, a de um bebê.[28] O ônibus da banda passava o sinal verde quando outro veículo virou à esquerda de frente com o pesado. Um dos passageiros morreu mais o bebê, tendo a mulher grávida morrido no hospital quatro dias depois devidos aos ferimentos.[29] Apesar de tudo, não houve ferimentos em nenhum dos membros da banda ou nos outros passageiros do ônibus do grupo.[28]

Apesar das noticias dizerem que a banda se manteve em silêncio durante vários dias, não contactando a família dos acidentados,[30] os integrantes fizeram uma declaração no mesmo dia através do publicitário Velvet Rousseau Kelm:

MercyMe would like to express their incredible heartache over this horrible accident. They are praying for the families of all who this will affect, and are asking others to please pray as well. The band and crew sustained minor bumps and bruises, however their hearts are heavy. They appreciate the concern they have received from people all over the world.[31]

Caridade[editar | editar código-fonte]

Em 2005, MercyMe participou num concerto de beneficência na Universidade de Belmont com outros artistas do country, gospel e cristão contemporâneo em favor dos afetados pelo Tsunami asiático de 2004.[32]

Em 2009, a banda promoveu a turnê "Rock and Worship Roadshow" em parceria com a Compassion International e Imagine A Cure para a recolha de fundos para a ajuda a crianças com diabetes através da Imagine A Cure e para pessoas com falta de assistência médica no mundo através da Compassion International.[33]


Membros[editar | editar código-fonte]

  • Bart Millard - Vocal
  • Nathan Cochran - Baixo
  • Michael John Scheuchzer - Guitarra
  • Robin Troy Shaffer - Bateria
  • Barry Graul – Guitarra

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns independentes[editar | editar código-fonte]

  • Pleased To Meet You (1995)
  • Traces Of Rain, Vol. 1 (1997)
  • Traces Of Rain, Vol. 2 (1997)
  • The Need (1998)
  • The Worship Project (1999)
  • Look (2000)

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Compilações[editar | editar código-fonte]

DVDs[editar | editar código-fonte]

Trabalhos Paralelos[editar | editar código-fonte]

  • Hymned nº1 - Bart Millard (solo) (2005)
  • Hymned Again - Bart Millard (solo) (2008)

Prémios[editar | editar código-fonte]

GMA Dove Awards[34]

  • 2002 - "Song of the Year" - "I Can Only Imagine"
  • 2002 - "Pop/Contemporary Recorded Song of the Year" - "I Can Only Imagine"
  • 2004 – "Song of the Year" - "Word of God Speak"
  • 2004 – "Artist of the Year"
  • 2004 – "Group of the Year"
  • 2004 – "Pop/Contemporary Song of the Year" - "Word of God Speak"
  • 2005 – "Pop/Contemporary Album of the Year" – Undone
  • 2005 – "Special Event Album of the Year" - The Passion of the Christ: Songs
ASCAP Awards
  • 2003 - Bart Millard ganhou na categoria "Christian Songwriter of the Year" na 25ª edição dos ASCAP Christian Music Awards.
American Music Awards
  • 2004 – "Favorite Contemporary Inspirational Artist"[35]

Referências

  1. (2002 December) "Real People. Real Worship". CCM Magazine.
  2. a b c d Argyrakis, Andy. (2004). "More Than You "Imagine"". Christianity Today.
  3. a b c d Ashleigh Kittle. MercyMe: Biography Allmusic. Visitado em 2009-07-19.
  4. a b c d e Somers, Eliza Marie. (24 May 2006). "Fluke brings Mercyme together". The Denver Post.
  5. Russ Breimeier. MercyMe: Spoken For ChristianityToday.com. Visitado em 2009-07-18.
  6. "17 Things You Probably Didn’t Know About: MercyMe". CCM Magazine.
  7. Jen Abbas. Finally There With MercyMe Family Christian Stores, Inc. Visitado em 2009-07-19.
  8. a b c CP Staff. (13 December 2003) "MercyMe begins ‘Imagine Tour’ in 2004". The Christian Post.
  9. a b Artist Chart History-MercyMe billboard.com. Visitado em 2009-07-19.
  10. Owen, Linda. (2003). "Story Behind the Song". Christianity Today.
  11. RIAA - Gold & Platinum Searchable Database RIAA.
  12. a b Russ Breimeier. MercyMe: Spoken For ChristianityToday.com. Visitado em 2009-07-18.
  13. Undone CCMmagazine.com. Visitado em 2009-07-18.
  14. a b Hoover, Carl. (2008 October 16). "Christian Group MercyMe Combines Rock, Religious Influences in Music". Waco Tribune-Herald.
  15. Phan, Katherine T.. (2004 April 27). "MercyMe’s ‘I Can Only Imagine’ Inspires Book". The Christian Post.
  16. Camacho, Justin. (2004 November 2). "MercyMe Schedules ‘Undone’ Tour For February". The Christian Post.
  17. a b c (2005 December) "Well Mercy Me, Children". CCM Magazine.
  18. Camacho, Justin. (2006 May 5). "MercyMe Hits Billboard Top 20 with Latest Release". The Christian Post.
  19. Farias, Andree. (2006). "MercyMe’s Jesus Freak?". Christianity Today.
  20. (19 October 2006) "MercyMe National Tour Selling Out Nationwide". CCM Magazine.
  21. a b Friedman, Stan. (2007). "Comfortable with All That Is Within". Christianity Today.
  22. Williams, Lindsay. (2009 April). "10 Questions with MercyMe". CCM Magazine.
  23. Donovan, Kevin P.. (8 April 2009). "MercyMe Releases '10'". The Christian Post.
  24. The Generous Mr. Lovewell (MercyMe) (em Inglês) New Release Tuesday. Visitado em 27 de fevereiro de 2014.
  25. The Worship Sessions (em Inglês) New Release Tuesday. Visitado em 27 de fevereiro de 2014.
  26. The Hurt & The Healer (em Inglês) New Release Tuesday. Visitado em 27 de fevereiro de 2014.
  27. Jeannie Law. MercyMe 'Welcome To The New' Album Available on April 8 (VIDEO) Breathe Cast. Visitado em 27 de fevereiro de 2014.
  28. a b Despite crash, Christian rock band will perform at Wisconsin State Fair The Post Crescent (2009-08-08). Visitado em 2009-08-08.
  29. 3rd teen dies after MercyMe bus crash Baptist Press (2009-08-13). Visitado em 2009-08-29.
  30. [1]
  31. Título ainda não informado (favor adicionar).
  32. (2005) "Country and Christian Artists to Stage Benefit for Tsunami Relief Efforts". USA Today.
  33. Kimball, Josh. (2009 April 15). "‘Rock and Worship Roadshow’ Draws Over 120, 000 Music Fans". The Christian Post.
  34. Dove Awards History Artist:MercyMe Gospel Music Association. Visitado em 2009-07-20.
  35. Press Release. (2004) "MercyMe Wins American Music Award". Christianity Today.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Flag of the United States.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical dos Estados Unidos, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.