Azimute

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Azimute é uma medida de abertura angular cujo valor em graus perfaz horizontalmente um círculo que vai do norte geográfico até a projeção de um alvo com o horizonte (p.ex., a intersecção do brilho de uma estrela, refletido na superfície mar, com o horizonte marítimo). Originalmente, representa uma direção definida em função de sua separação angular a um ponto de origem, o Norte astronômico.

O nome é de origem árabe, de as-sumult, que significa: caminho ou direção[1] .

Em Astronomia, é uma das coordenadas do sistema de coordenadas horizontais, que mede a separação angular entre o vertical que contém o Norte e aquele que contém o ponto da esfera celeste, na direção Leste-Oeste.

Em Navegação, o conceito de azimute geralmente é usado no sentido de direção. Por convenção, no primeiro Quadrante, Azimute e Rumo têm o mesmo significado.

Em Topografia, o conceito de azimute é bastante utilizado em levantamentos topográficos, onde o azimute é o ângulo entre o norte, e um ponto levantado, ou entre o norte e um lado de um determinado polígono. Para se obter o azimute, são utilizadas ferramentas topográficas como a Estação Total, que serve para medir a distância da estação(que está em uma coordenada pré-determinada, pela norma ABNT 13133) e o ponto a ser levantado, oferecendo assim o seu azimute, com o norte pré-determinado.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Boczko, R. 1984, Conceitos de Astronomia, São Paulo: Edgard Blücher, pg. 41
Ícone de esboço Este artigo sobre astronomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.