Baía de Tóquio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A baía vista do espaço em todo seu tamanho.

A Baía de Tóquio é uma grande baía situada no Japão, que banha diversas cidades do país como a capital Tóquio, Yokohama e Chiba. Seu antigo nome era Baía de Edo.

A baía é cercada por duas penínsulas, Boso e Miura, a leste e oeste, e sua área total, incluindo o canal de Uraga, é de 1320 km². Os portos de Tóquio, Yokohama, Chiba, Kawasaki e Yokosuka, são todos localizados dentro da baía. Ela abriga uma única ilha natural em seu interior, Saru, além de diversas outras ilhas artificiais criadas nas Eras Meiji e Taisho como fortificações navais. É cercada de áreas de grande ocupação populacional e de importantes indústrias nacionais.

A baía foi o local de dois fatos históricos importantes: foi nela que o comodoro norte-americano Matthew Perry realizou as conversações que levariam o Japão a se abrir ao comércio e a cultura ocidentais em 1850, além de palco dos primeiros contatos entre japoneses e europeus anteriores à restauração da dinastia Meiji no país.

Foi também ali, à bordo do cruzador USS Missouri, o lugar da assinatura do documento de rendição do Japão aos Aliados em 2 de setembro de 1945, terminando oficialmente a II Guerra Mundial.