Barbusano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaApollonias barbujana
Apollonias barbujana

Apollonias barbujana
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Laurales
Família: Lauraceae
Género: Apollonias
Espécie: A. barbujana
Nome binomial
Apollonias barbujana
Cav.Bornm.

O Barbusano (popularmente conhecidas como barbuzano ) é uma planta do género botânico da família Lauraceae, espécie endémica da ilha da Madeira, Açores e Canárias com a denominação: Apollonias barbujana (Cav. Bornm).

Apresenta-se como uma árvore de grande porte que pode atingir 25 metros de altura, perenifólia. Esta árvore tem copa densa arredondada, folhas verde-escuras, brilhantes, oblongas a oblongo-lanceoladas, de 5-15 centímetros de comprimento, coriáceas, glabras, por vezes de margens revolutas.

As flores do Barbusano são pequenas de cor branco-esverdeada e são dispostas em mílorescencias terminais. Os frutos apresentam-se de forma ovóide e de cor negra negra.

Trata-se de uma espécie endémica da ilha da Madeira e das Canárias e que aparece também nos Açores. É característica da Floresta de Laurissilva do Barbusano.

Esta planta apresenta folhas dotadas frequentemente protuberâncias semelhantes a verrugas, resultantes das picadas de um ácaro especifico (Eriophyes barbujana Carmona) desta árvore. O Barbusano também ocorre nas ilhas Desertas.

A floração desta planta ocorre entre Outubro e Maio.

Ao longo dos tempos a madeira de barbusano por ser muito pesada e dura, foi sempre difícil de trabalhar, no entanto foi utilizada na construção naval (havendo antigamente árvores de grande porte e abundantes a sul da Madeira) e também no fabrico de utensílios agrícolas e fusos de lagar.

Referências

  • Árvores e Florestas de Portugal - Açores e Madeira, Edic. Público, Comunicações, SA. Dep. Legal nº 254481/2007

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]