Barzan Ibrahim al-Tikriti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Barzan Ibrahim al-Tikriti
Barzan Ibrahim al-Tikriti
diretor do Mukhabarat
Vida
Nascimento 17 de fevereiro de 1951
Tikrit, Iraque
Morte 15 de janeiro de 2007 (55 anos)
Bagdá, Iraque
Nacionalidade  Iraque

Barzan Ibrahim al-Tikriti (Tikrit, 17 de fevereiro de 1951  — Bagdad, 15 de janeiro de 2007) foi director do Mukhabarat, os serviços secretos iraquianos. Era irmão de Saddam Hussein.

Até 1995 geriu a fortuna pessoal de Saddam. Esta tarefa era levada a cabo por uma rede de correctores estrangeiros, dado que Saddam decidiu que não se podia confiar esta tarefa a ninguém no Iraque.

Os oficiais do exército estadunidense descreveram-no como membro da "Dúzia Suja de Saddam", sendo responsável por torturas e assassinatos no Iraque. Foi capturado pelas forças americanas no dia 17 de abril de 2003. Era o Cinco de Paus no baralho iraquiano dos mais procurados, pelo que no dia 5 de novembro de 2006 foi condenado à forca tal como o seu irmão Saddam Hussein e Awad Hamed al-Bandar.

Foi executado aos 55 anos de idade. A execução realizou-se no dia 15 de janeiro de 2007 e durante esta, foi decapitado pela corda que ia enforcá-lo, tendo-se separado a cabeça do corpo e caído a alguns metros deste.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]