Batalha da ponte de Arcole

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Batalha da Ponte de Arcole
Guerras revolucionárias francesas
La Bataille du Pont d'Arcole.jpg
Data 15 de novembro de 1796 (217 anos)
Local Arcole,Itália
Desfecho Vitória Austríaca em baixas, e vitória tática francesa
Combatentes
França Primeira República Francesa Flag of the Habsburg Monarchy.svg Império Austríaco
Comandantes
França Napoleão Bonaparte
França Jean Lannes
Flag of the Habsburg Monarchy.svg Joseph Alvinczy von Berberek
Forças
20 000 soldados 24 000 soldados
Baixas
3 500 mortos ou feridos e 1 300 capturados ou desaparecidos 2 200 mortos, 4 000 soldados e 11 canhões capturados
Quadro de comemoração da vitória da Batalha da Ponte de Arcole, pintado pelo francês Antoine-Jean Gros, representando Napoleão Carregando a Bandeira francesa sob a ponte de Arcole.

A Batalha de Arcole ocorreu em 15 de novembro de 1796, na ponte de Arcole, na atual Itália. Os combatentes eram a Primeira República Francesa e o Império Austríaco. As forças francesas eram 20 000 soldados e as forças Austríacas eram 24 000 soldados. As baixas francesas foram de 3 500 soldados mortos ou capturados, 1 300 capturados ou desaparecidos. As baixas Austríacas foram de 2 200 mortos ou feridos, 4 000 soldados e 11 armas desaparecidas. Foi uma manobra ousada de Napoleão Bonaparte. O exército francês da Itália flanqueou o exército austríaco com o general austríaco Joseph Alvinczy von Berberek e cortar sua linha de retirada. A vitória da Primeira República Francesa provou ser o acontecimento mais significativo durante a terceira vez que a Áustria se preparava para começar o cerco de Mântua durante a Guerra da Primeira Coligação. O desfecho foi a vitória Austríaca em baixas e a vitória francesa taticamente. Um grande gesto de coragem feito por Napoleão Bonaparte que é reconhecido até hoje. Diz a história que para servir de exemplo de coragem e força para os outros soldados Napoleão pegou a bandeira do porta-bandeira francês e junto ao exército ele correu em linha de frente sem estar armado arriscando sua própria vida. Esta vitória e o gesto de coragem feito por Napoleão foi reconhecido pelo o exército e o pelo povo francês que a partir desta e outras batalhas passaram a considera-lo um grande líder.[1] [2]

Referências

  1. Boycott-Brown, Martin. The Road to Rivoli: Napoleon's First Campaign. Londres: Cassell & Co, 2001. ISBN 0-304-35305-1.
  2. Chandler, David G.. The Campaigns of Napoleon. New York, NY: Macmillan, 1966.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Batalha da ponte de Arcole