Benyoucef Benkhedda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Presidente da  Argélia
No cargo
Benyoucef Benkhedda
Designado por
como 2o presidente do GPRA
Duração Entre 9 de Agosto de 1961 e 3 de Julho de 1962
Inaugurado por Ferhat Abbas
Sucessão Abderrahmane Farès (mas como presidente do executivo argelino)

Benyoucef Benkhedda (23 de Fevereiro de 1920; Berrouaghia † 04 de Fevereiro de 2003; Alger) foi um político argelino com uma formatura em farmácia e que foi o 2o presidente do Governo Provisório da República Argelina entre 9 de Agosto de 1961 e 3 de Julho de 1962

Formação[editar | editar código-fonte]

Ainda estudava quando conheceu vários pioneiros do nacionalismo argelino e adere ao Partido do povo argelino (PPA), em francês: Parti du peuple algérien, em 1942 e uma ano depois é preso, feito prisioneiro e torturado pela DST francesa por ter feito campanha contra a conscrição dos argelinos ao lado dos franceses na Segunda Guerra Mundial. Depois dos estudos na Faculdade de medicina e farmácia de Alger (1943) obtém o diploma de farmácia em 1951 [1] .

Luta pela independência[editar | editar código-fonte]

Membro do Comité central do PPA-MTLD em 1947 torna-se o seu Secretário Geral de 1951 a 1954. Preso em Novembro desse ano, é libertado em Maio de 1955 e junta-se ao 'Front de libération nationale' (FLN) [1] .

A 9 de Agosto de 1961 é designado président du Gouvernement provisoire de la République algérienne (GPRA). Termina as negociações com a França começadas pelo Governo de Ferhat Abbas e proclama o cessar fogo a 19 de Março de 1962. A populaçnao argelina em festa acolhe-o a 3 de Julho de 1962, no dia do reconhecimento oficial da independência da Argélia pela França [1] .

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c AH: Quelques repères de l'histoire (em francês) Visitado: Março 2014