Björn Ranelid

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Björn Ranelid
Nascimento 21 de Maio de 1949 (65 anos)
Malmö, Escânia
Nacionalidade Suécia sueca
Ocupação Professor, escritor
Principais trabalhos ”Synden” (1994)

Björn Ranelid (Malmö, 21 de maio de 1949) é um escritor e jornalista sueco. É um escritor produtivo (escreveu aproximadamente 20 romances) e controversial, frequentemente presente em debates e conferências.

Björn Ranelid aponta Astrid Lindgren como a sua inspiradora nos momentos difíceis da sua infância.

A sua obra está traduzida para o francês, o inglês, o alemão, o norueguês e o finlandês.

Bibliografia: algumas obras de Björn Ranelid[editar | editar código-fonte]

  • Den överlevande trädgårdsmästaren (1983)
  • I glastiden (1985)
  • David Hills obotliga minne (1987)
  • Påfågelns längtan (1989)
  • Mördarens öga (1990)
  • Mästaren (1992)
  • Mitt namn skall vara Stig Dagerman (1993)
  • Synden (1994)
  • Kärlekens innersta rum (1996)
  • Till alla människor på jorden och i himlen (1997)
  • Tusen kvinnor och en sorg (1998)
  • Min son fäktas mot världen (2000)
  • Krigaren (2001)
  • David Puma och drottning Silvia (2002)
  • Kvinnan är första könet (2003)
  • Ord (2003)
  • I Give You My Finest Words - Aphorisms and Metaphors in Swedish, French, English and German (2009) [1]

Prémios e distinções[editar | editar código-fonte]

  • Prémio Literário Aftonbladet 1989
  • Prémio August 1994, pela sua obra Synden (O pecado), 1994
  • Prémio Dabloug 2004

Fontes[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Björn Ranelid