Câncer de laringe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Câncer de laringe
Câncer de laringe
Classificação e recursos externos
CID-10 C32
CID-9 161
MeSH D007822
Star of life caution.svg Aviso médico

Câncer de laringe refere-se a um tumor maligno na laringe humana. A maioria dos cânceres de laringe são carcinoma de células escamosas, que são originados das células escamosas, que formam a maioria do epitélio da laringe.

O câncer pode se desenvolver em qualquer parte da laringe, mas a taxa de cura é afetada pela localização do tumor. Para o estadiamento do tumor, a laringe é dividida em três regiões anatômicas: a glote (cordas vocais verdadeiras, comissuras anterior e posterior); a supra-glote (epiglote, aritenoides e falsas cordas vocais) e infra-glote (ou subglote).

A maioria dos cânceres de laringe se originam na glote. Os cânceres supraglóticos são menos comuns, e os tumores infra-glóticos são os menos frequentes.

O tumor pode se disseminar por extensão direta para estruturas adjacentes, por metástases para linfonodos regionais cervicais, ou mais distantemente, através da corrente sanguínea. Metástases à distância para o pulmão também são comuns.

Fatores de risco[editar | editar código-fonte]

O principal fator de risco para o câncer de laringe é o tabagismo. O consumo pesado de álcool também é apontado como um fator de risco menos importante. Quando combinados, estes dois fatores parecem ter um efeito sinérgico.

Sinais e sintomas[editar | editar código-fonte]

Os sintomas do câncer de laringe dependem do tamanho e da localização do tumor. Eles podem incluir:[1]

Tratamento[editar | editar código-fonte]

O tratamento específico depende da localização, tipo e estadiamento do tumor. O tratamento pode envolver cirurgia, radioterapia ou quimioterapia, isolados ou em combinação.

O tratamento geralmente é coordenado por uma equipe de especialistas em oncologia e otorrinolaringologia.

Referências