Cérbero (satélite)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Imagens do Telescópio Espacial Hubble mostrando S/2011 (134340) 1.

Cérbero, antigamente, S/2011 (134340) 1 (ainda chamado de S/2011 P 1 e P4) é um satélite natural de Plutão.[1] Foi descoberto pelo Telescópio Espacial Hubble em 28 de junho de 2011 e anunciado em 20 de julho de 2011.[2] Com um diâmetro estimado entre 13 e 34 km, é a menor lua de Plutão conhecida. Estima-se que sua órbita é circular e está a 59 000 km de Plutão.[3]

Descoberta[editar | editar código-fonte]

Cérbero foi descoberto pela Pluto Companion Search Team do Telescópio Espacial Hubble em 28 de junho de 2011, usando a Wide Field Camera 3, durante uma tentativa de encontrar algum anel que Plutão possa ter.[nota 1] [6] Outras observações foram feitas em 3 de julho e 18 de julho de 2011 e o objeto foi identificado como uma lua nova em 20 de julho de 2011.[2] [7] Mais tarde a lua foi identificada nos arquivos do Hubble em imagem tiradas entre 15 de fevereiro de 2006 e 25 de junho de 2010.[2] O brilho de Cérbero é apenas cerca de 10% do de Nix, e a lua só foi achada porque o tempo de exposição das imagens foi de 8 minutos; observações anteriores usaram exposições mais curtas.[8]

Nome[editar | editar código-fonte]

No dia 2 de julho de 2013, a UAI anunciou que foram aprovados os nomes Cérbero para o satélite P4 e Estige para o satélite P5. Cérbero é o nome do cão de três cabeças que guarda o sub-mundo na mitologia grega. Impede os mortos de escaparem e mata os vivos que tentarem entrar; quando está de olhos abertos, está a dormir, e quando está de olhos fechados, está acordado. A convenção para os nomes dos satélites de Plutão é de que estes estejam ligados à figura mitológica Hades (correspondente grego de Plutão).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. A procura por anéis é motivada para evitar danos à sonda New Horizons durante seu sobrevoo pelo sistema de Plutão em julho de 2015.[4] [5]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. NEW SATELLITE OF (134340) PLUTO: S/2011 (134340) 1 cbat.eps.harvard.edu (2011). Visitado em 3 de agosto de 2011.
  2. a b c Showalter, M. R.; Hamilton, D. P. (20/07/2011). New Satellite of (134340) Pluto: S/2011 (134340) 1 Central Bureau for Astronomical Telegrams International Astronomical Union. Visitado em 20/07/2011.
  3. Fourth Moon Adds to Pluto's Appeal. Visitado em 20/07/2011.
  4. Wall, M. (20/07/2011). New Pluto Moon Foreshadows More Surprises for NASA Probe En Route Space.Com web site TechMediaNetwork. Visitado em 21/07/2011.
  5. McKee, M. (22/02/2006). Rings of ice and dust may encircle Pluto New Scientist web site New Scientist. Visitado em 21/07/2011.
  6. Boyle, A. (20/07/2011). Scientists spot Pluto's fourth moon Cosmic Log on msnbc.com msnbc.com. Visitado em 20/07/2011.
  7. Pluto Has Another Moon, Hubble Photos Reveal | Dwarf Planet Pluto | Pluto's Moons | Space.com
  8. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas Lakdawalla
Ícone de esboço Este artigo sobre um satélite natural é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.