Cônego Marinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Cônego Marinho
"cônego

uma cidadezinha hospitaleira em desenvolvimento social e econômico."

Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário setembro
Fundação 1995
Gentílico cônego marinhense[1]
Lema UM NOVO TEMPO.
Prefeito(a) NATALINO PEREIRA RODRIGUES (PDT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Cônego Marinho
Localização de Cônego Marinho em Minas Gerais
Cônego Marinho está localizado em: Brasil
Cônego Marinho
Localização de Cônego Marinho no Brasil
15° 17' 38" S 44° 25' 04" O15° 17' 38" S 44° 25' 04" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Norte de Minas IBGE/2008[2]
Microrregião Januária IBGE/2008[2]
Municípios limítrofes Montalvânia, Bonito de Minas, Januária, Itacarambi, Miravânia
Distância até a capital 634[3] km
Características geográficas
Área 1 617,916 km² [4]
População 7 089 hab. Censo IBGE/2010[5]
Densidade 4,38 hab./km²
Altitude 640 m
Clima semiárido[6]  Bsh
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,639 médio PNUD/2000[7]
PIB R$ 25 087,743 mil IBGE/2008[8]
PIB per capita R$ 3 890,18 IBGE/2008[8]
Página oficial

Cônego Marinho é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população recém recenseada em 2010 é de 7.056 habitantes. Possui pavimentações ligando à cidade de Januária e à Bonito de Minas e a cidade de Miravânia. A cidade possui cobertura da VIVO para uso de celular num raio de aproximadamente 5 Km no centro da cidade. Faz uso da internet sem fio (wireless) fornecida pela Master Cabo e Conet de Januária e via satélite nas escolas. Possui os distritos de Cruz dos Araújos e Olhos D'água e várias comunidades próximas. O município não apresenta uma atividade comercial abrangente, exceto o artesanato de utensílios de barro (olaria) produzidos por artesões em uma comunidade próxima ao distrito de Cruz dos Araújos. Há também produção de cachaça que é comercializada quase que totalmente no próprio município,

O ponto mais alto do município é de 640 metros, local: ponto central da cidade [1]

Histórico

O povoado que deu origem a Cônego Marinho, antes chamado de Saco dos Bois, começou a se formar no ano de 1800, quando chegam para habitar a região, as famílias Mota, Lisboa e Rodrigues. O nome inicial dado ao arraial de Saco dos Bois foi devido a formação geográfica do local e por se tratar de um lugar conhecido pela fertilidade de suas terras, abundancia de pastagens naturais e fartura de água, o que fazia da região um lugar muito usado para criação de gado no período de estiagem. Em 07 de setembro de 1923, o antigo arraial de saco dos bois torna-se distrito do município de Januária e passa a chamar-se Cônego Marinho, nome dado em homenagem ao Padre José Antônio Marinho que foi o primeiro padre assistente do Cônego Ramiro Leite. O Padre José Antônio Marinho nasceu em 1803, no Brejo do Amparo, era filho de lavradores. Revelando-se portador de privilegiado talento, seu padrinho mandou-o estudar no seminário de Olinda—Pernambuco. Após 72 anos na condição de distrito de Januária, através de um plebiscito, Cônego Marinho teve a sua emancipação aprovada em 21 de dezembro de 1995.

Formação Administrativa 

Distrito criado com a denominação de Cônego Marinho (ex-povoado de Saco dos Bois), pela Lei Estadual nº 843, 07-09-1923, com terras desmembrada do distrito de Brejo do Amaro, subordinado ao município de Januária.  Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Cônego Marinho, figura no município de Januária.  Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.  Elevado à categoria de município com a denominação de Cônego Marinho, pela lei estadual nº 12030, de 21-12-1995, desmembrado de Januária.  Sede no antigo distrito de Cônego Marinho. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1997.  Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído do distrito sede. Pela Lei nº 146, de 27-11-2003, é criado o distrito de Olho d′Água do Bom Jesus e anexado ao município de Cônego Marinho.  Pela Lei Municipal nº147, de 27-11-2003, é criado o distrito de Cruz dos Araújo e anexado ao município de Cônego Marinho. Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído de 3 distritos: Cônego Marinho, Cruz dos Araújos e Olhos d′Água do Bom Jesus.  Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte[editar | editar código-fonte]

www.conegomarinho.mg.gov.br

Referências

  1. IBGE Cidades@. O Brasil Município por Municipio. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Página visitada em 19 de agosto de 2009.
  2. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  3. distancias-bhmunicipios. Distâncias BH/Municípios. Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG). Página visitada em 19 de agosto de 2009.
  4. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  5. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  6. World Map of the Köppen-Geiger climate classification. World Map of the Köppen-Geiger climate classification. Institute for Veterinary Public Health. Página visitada em 24 de fevereiro de 2010.
  7. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  8. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.