Cabília

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde fevereiro de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Mapa da região em 1857.

A Cabília (Tamurt Idurar ["terra montanhosa"] ou Tamurt Leqvayel ["terra dos cabilas"], em cabila; Kabylie, em francês) é uma região montanhosa do norte da Argélia. O seu nome provém do árabe al-qabā'il ("as tribos").

Faz parte da cordilheira do Atlas e é banhada pelo mar Mediterrâneo. A Cabília engloba várias províncias da Argélia: todo o território de Tizi Ouzou e Bugia, a maior parte de Bouira (Tubiret) e Bordj Bou Arreridj, e partes das províncias de M'Sila (Tamsilt), Jijel, Boumerdes e Setif.

Durante o domínio francês da Argélia, os franceses distinguiam entre a Pequena e a Grande Cabília: a primeira compreendia o território correspondente às atuais províncias argelinas de Bugia, a metade setentrional de Bordj Bou Arreridj e o noroeste de Sétif. O restante formava a Grande Cabília. Esta distinção explica o motivo pelo qual algumas fontes em português fazem referência às "Cabílias", no plural.

População[editar | editar código-fonte]

A área é habitada pelos cabilas, o segundo grupo de berberes em importância após os chleuhs de Marrocos. O seu nome significa "tribo" (do árabe قبيلة qabīla). Falam a língua cabila, uma variedade berbere. A população da Cabília é estimada em mais de 5 milhões de habitantes.

Desde a primavera de 1980, os cabilas estão na linha da frente da mobilização pelo reconhecimento oficial das línguas berberes na Argélia.

Cabilas famosos[editar | editar código-fonte]

Aldeia típica da Cabília.
Bandeira adoptada pelos berberes da Cabília argelina.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]