Campanha dos Seis Dias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Campanha dos Seis Dias
Battle of Napoleon 6-day-war 1814.jpg
Data 10 de fevereiro14 de 1814
Local Nordeste da França
Resultado Vitória francesa
Combatentes
França Primeiro Império Francês Reino da Prússia Prússia
Rússia Império Russo
Comandantes
Napoleão Blücher
Baixas
30,000 100,000

A Campanha dos Seis dias foi uma série de batalhas na defesa final da França por Napoleão durante o avanço aliado sobre Paris em 1814.

Com um exército de setenta mil homens, o imperador foi confrontado com pelo menos meio milhão de tropas aliadas que avançavam com grandes armamentos, comandadas por Gebhard Leberecht von Blücher e pelo Field Marshal Prince zu Schwarzenberg, entre outros.

O conflito ocorreu durante seis dias, de 10 a 14 de fevereiro durante o qual ocorreram quatro batalhas. Napoleão conseguiu infligir 17.750 baixas em cem mil das tropas de Blücher, com três mil homens armados, fazendo com que mais tarde historiadores e entusiastas afirmassem que a Campanha dos Seis Dias foi a melhor do imperador.[1]

No entanto, as vitórias do imperador não foram significativas o suficiente para fazer qualquer alteração no quadro estratégico global, e o exército maior de Schwarzenberg ameaçou Paris, o que terminou acontecendo em finais do mês de março.

Batalhas da campanha[editar | editar código-fonte]

  • Batalha de Champaubert (10 de fevereiro, 1814) – 4.000 baixas russas e a prisão do general russo Olsufiev; cerca de 200 vítimas francesas.[1]
  • Batalha de Montmirail (11 de fevereiro, 1814) – 4.000 baixas aliadas, contra 2.000 francesas.[1]
  • Batalha de Château-Thierry (12 de fevereiro, 1814) – 1.250 e 1.500 baixas prussianas e russas respectivamente, e nove canhões perdidos, para aproximadamente 600 baixas francesas.[1]
  • Batalha de Vauchamps (14 de fevereiro, 1814) – 7.000 baixas prussianas e 16 canhões perdidos, para aproximadamente 600 baixas francesas.[1]

Referências

  1. a b c d e Chandler, David. Dictionary of the Napoleonic wars, Wordsworth Editions, 1999, pp. 87, 90, 286–87, 459.
Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.