Canais de Amsterdam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pix.gif Zona dos Canais Concêntricos do Século XVII no Interior do Singlegracht em Amesterdão *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Amsterdam airphoto.jpg
Foto aérea dos Canais de Amsterdam
País  Países Baixos
Tipo Cultural
Critérios i, ii, iv
Referência 1349
Região** Europa e América do Norte
Coordenadas 52° 21′ N 04° 53′ E
Histórico de inscrição
Inscrição 2010  (34ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.
** Região, segundo a classificação pela UNESCO.

Amsterdã, capital da Holanda, é chamada de Veneza do Norte por seus mais de 100 quilômetros de canais, cerca de 90 ilhas e 1500 pontes[1] [2] [3] [4] . Os três principais canais, Herengracht, Prinsengracht, e Keizersgracht, cavados no Século XVII durante a Idade de Ouro Holandesa, formam cinturões concêntricos ao redor da cidade, conhecidos como Grachtengordel. Ao longo dos canais existem 1550 monumentos. [5] A área de canais do Século XVII, incluindo Prinsengracht, Keizersgracht, Herengracht e Jordaan, foram incluídas na lista de Patrimônio Mundial da UNESCO em 2010.

História[editar | editar código-fonte]

Muito do sucesso do sistema de canais de Amsterdã deve-se ao planejamento da cidade. No começo do Século XVII, com a alta imigração, um plano foi posto em ação, consistindo de quatro meios-círculos principais, concêntricos com término na Baía de Amsterdã. Conhecido como "grachtengordel" [6] três dos canais foram usados mais como desenvolvimento residencial (Herengracht ou Canal dos Patrícios; Keizersgracht ou Canal do Imperador; e Prinsengracht ou Canal do Príncipe) e um quarto, mais externo, Singelgracht, para propósitos de defesa e manejo da água. O plano também visava interconectar os canais em torno de um raio; um conjunto de canais paralelos no bairro de Jordaan; a conversão de um canal perimetral interno já existente (Singel) com propósito defensivo alterando-o para fins comerciais e residenciais; e mais de 100 pontes. O propósito defensivo do Nassau/Stadhouderskade foi servido por um fosso e diques, com comportas de trânsito mas sem estruturas de alvenaria.

Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.


Canais famosos do cinturão de canais[editar | editar código-fonte]

  • Singelgracht
  • Herengracht
  • Keizersgracht
  • Prinsengracht
  • Zwanenburgwal
  • Brouwersgracht
  • Kloveniersburgwal
  • Brantasgracht
  • Lamonggracht
  • Majanggracht
  • Seranggracht

Galeria de imagens[editar | editar código-fonte]

Planos[editar | editar código-fonte]

Desde a construção dos canais, estes foram planejados para se conectaram do Norte ao centro da cidade. Em 1999, o plano foi terminado.

Referências

  1. Amsterdam Hotspots. Visitado em 21/7/2013.
  2. Informação ao Turista de Amsterdam. Visitado em 21/7/2013.
  3. World Executive City Guides. Visitado em 21/7/2013.
  4. WorldMayor.com. Visitado em 21/7/2013.
  5. Monumenten Amsterdam. Visitado em 21/7/2013.
  6. Grachtengordel. Visitado em 22/7/2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]