Carlos Prieto (violoncelista)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Carlos Prieto é um violoncelista e escritor mexicano. Se trata de um dos violoncelistas mais respeitados, que interpreta com frequência as obras compostas para ele por compostires latino-americanos, estadunidenses e europeus. Prieto toca um violoncelo Stradivarius, chamado El Piatti por Carlo Alfredo Piatti, e que o próprio intérprete apelida carinhosamente de "Chelo Prieto". É produtor de música contemporânea realizada com instrumentos tradicionais de compositores latino-americanos.

Os primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Prieto começou a tocar o violoncelo aos quatro anos, estudando com o violoncelista húngaro Imre Hartman, e posteriormente com Pierre Fournier em Gênova e Leonard Rose em Nova York. Depois estudou Engenharia e Economia no Instituto Tecnológico de Massachusetts, uma universidade provada em Cambridge, Massachussets.[1]

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • The Sonatas by Dmitri Shostakovich
  • De Bach a Piazzolla
  • Tres conciertos para violonchelo y orquesta
  • Del barroco y del romanticismo al siglo XXI
  • Sonatas y danzas de México
  • Conciertos para el fin del milenio
  • A Prieto
  • Espejos (Mirrors)
  • Ibarra - Zyman: Concerto for Cello and Orchestra
  • Cello Music from Latin America Vol. I
  • Cello Music from Latin America Vol. II
  • Cello Music from Latin America Vol. III
  • Carlos Prieto, Cello
  • J. S. Bach: The Suites for Cello. Suites No. 1, 2 and 3
  • J. S. Bach: The Suites for Cello. Suites No. 4, 5 and 6
  • Le Grand Tango
  • Sonatas & fantasías
  • Azul y verde
  • Conciertos y chôro

Livros publicados[editar | editar código-fonte]

Em espanhol[editar | editar código-fonte]

  • Cartas rusas (1965)
  • Alrededor del Mundo con el Violonchelo - Alianza Editorial México. (1987, 1988)
  • De la URSS a Rusia, tres décadas de experiencias y observaciones de un testigo - Prólogo Isabel Turrent. Fondo de Cultura Económica (1993, 2013)
  • Las aventuras de un violonchelo, historias y memorias - Prólogo Álvaro Mutis. Fondo de Cultura Económica. (1998, 2013)
  • Senderos e imágenes de la Música - Fotografías con Miguel Morales (1999)
  • Cinco mil años de palabras - Prólogo Carlos Fuentes. Fondo de Cultura Económica. (2005)
  • Por la milenaria China. Historias, vivencias y comentarios - Prólogo Yo-Yo Ma. Fondo de Cultura Económica. (2009)
  • Dmitri Shostakovich, Genio y drama - Prólogo de Jorge Volpi. Fondo de Cultura Económica. (2013)
  • Apuntes sobre la historia de la música en México. Seminario de Cultura Mexicana (2013)

Em inglês[editar | editar código-fonte]

  • The Adventures of a Cello - Prologue Yo-Yo Ma. Texas University Press (2006)
  • The Adventures of a Cello, Revised edition." Prologue Yo-Yo Ma. Texas University Press (2011)

Em português[editar | editar código-fonte]

  • As aventuras de um violoncelo. Historias e memórias - Top Books y Univer Cidade. Rio de Janeiro. Brasil.

Em ruso[editar | editar código-fonte]

  • Prikliucheniya Violonceli. - Editorial Orenburgskaya Kniga. Perm. Rusia. (200

Prémios[editar | editar código-fonte]

  • 1995: Medalha Mozart do embaixador da Áustria no México.
  • 1999: Achievement Award (prémio à realização) do Instituto de Cultura Mexicana de Nova York.
  • 1999: Prémio Ordem das Artes e Letras (do governo francês), no grau de oficial.
  • 2001: Prémio Eva Janzer, intitulado "Chevalier du Violoncelle" (cavalheiro do violoncelo), da Universidade de Indiana.
  • 2002: Prémio Cultural Leadership Citation (citação de liderança cultural) da escola de música da Universidade Yale.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.