Cheryl Lynn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cheryl Lynn
Informação geral
Nome completo Lynda Cheryl Smith
Nascimento 11 de Março de 1957
Local de nascimento Los Angeles, Califórnia
 Estados Unidos
Período em atividade 1976 - presente
Gravadora(s) Columbia Records (1978-1985; 1996)
Manhattan Records (1987)
Virgin Records (1989)
Avex Trax Records (1995)
Afiliação(ões) Richard Marx, Luther Vandross, Teddy Riley

Lynda Cheryl Smith, (Los Angeles, 11 de março de 1957), mais conhecido pelo seu nome artístico Cheryl Lynn, é uma cantora de disco, R&B e soul. Ela é mais conhecida por seu discohit de 1978, "Got to Be Real" [1] .

Discografia [2] [editar | editar código-fonte]

  • 1978: Cheryl Lynn (Columbia) - US Pop #23, US R&B #5
  • 1979: In Love (Columbia) - US Pop #167, US R&B #47
  • 1981: In The Night (Columbia) - US Pop #104, US R&B #14
  • 1982: Instant Love (Columbia) - US Pop #133, US R&B #7
  • 1983: Preppie (Columbia) - US Pop #161, US R&B #8
  • 1985: It's Gonna Be Right (Columbia) - US Pop #202, US R&B #56
  • 1987: Start Over (Manhattan) - US R&B #55
  • 1989: Whatever It Takes (Virgin) - US R&B #42
  • 1995: Good Time (Avex Trax)

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma cantora é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.