Cine-Theatro Central

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cine-Theatro Central
Estilo dominante Art déco
Arquiteto Raphael Arcuri
Inauguração 30 de março de 1929
Proprietário atual Universidade Federal de Juiz de Fora
Local Juiz de Fora
Endereço Centro

O Cine-Theatro Central[1] é um teatro localizado na cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais. Sua capacidade é de 1,881 espectadores. O projeto, do arquiteto Raphael Arcuri, é uma das primeiras referências locais à influência do art déco, ao passo que a decoração interna, da autoria de Angelo Biggi, mantém-se fiel à tradição muralista italiana com temas clássicos.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Fachada do Central decorada com cerca de 15,000 lâmpadas, formando parte de sua decoração na época do Natal[3]

O ponto de partida para a construção do cineteatro foi a fundação da "Companhia Central de Diversões" em junho de 1927, pela sociedade formada por Químico Correia, Francisco Campos Valadares, Diogo Rocha e Gomes Nogueira. A escolha do local foi entre as ruas São João e Califórnia (hoje Halfeld), onde se situava o teatro Polytheama, demolido para ceder lugar ao Central.

As obras duraram um ano e quatro meses, e a inauguração finalmente ocorreu em 30 de março de 1929.

O prédio foi tombado pelo IPHAN em 1994. No mesmo ano, passou a ser administrado pela Universidade Federal de Juiz de Fora que, com recursos do Ministério da Educação, promoveu ampla reforma no Cine-Theatro, reabrindo suas portas ao público.[2]

Referências

  1. Como sinal de tradição, a prefeitura prefere manter a grafia original, cine-theatro ao invés de cineteatro, com hífen e "th", como em sua fachada.
  2. a b "Cine Theatro Central" - Portal do Turismo (Prefeitura de Juiz de Fora)
  3. "Quinze mil lâmpadas iluminam o Cine-Theatro Central" - acessa.com

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.