Codex Campianus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Manuscritos do Novo Testamento
PapirosUnciaisMinúsculosLecionários
Uncial 021
Codex Campianus (GA 021) f. 91 r.JPG
Nome Campianus
Sinal M
Texto Evangelhos
Data século 9
Escrito grego
Agora está Biblioteca Nacional da França
Tamanho 22 x 16.3 cm
Tipo Texto-tipo Bizantino
Categoria V
Nota membro da Família 1424


Codex Cyprius designado M ou 021 (Gregory-Aland), ε 72 (von Soden), é um manuscrito uncial grego dos quatro evangelhos, datado pela paleografia para o século 9.[1]

Descoberta[editar | editar código-fonte]

Contem 257 fólios dos quatro Evangelhos (22 x 16.3 cm). Escrito em uma coluna por página, em 24 linhas por página.[1]

Ele contém "Epistula ad Carpianum", mesas Eusebian, Seções Amonianas, Cânones de Eusébio, sinaxário e o Menologion.[2]

Texto[editar | editar código-fonte]

O texto grego desse codex é um representante do Texto-tipo Bizantino. Aland colocou-o entre a Categoria V.[1]

Ele contém o Perícopa da Adúltera.

O manuscrito foi chamado Campianus depois François de Campos (1643-1723), quem o deu a Louis XIV em 1707.[2] [3]

Actualmente acha-se no Biblioteca Nacional da França (Gr. 48).[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d Kurt Aland e Barbara Aland, The Text of the New Testament: An Introduction To The Critical Editions and to the Theory and Practice of Modern Textual Criticism, Grand Rapids, Michigan, 1995, p. 113.
  2. a b C. R. Gregory, „Textkritik des Neuen Testaments“, Leipzig 1900, vol. 1, p. 56.
  3. Constantin von Tischendorf, Novum Testamentum Graece. Editio Septima, Lipsiae 1859, p. CLIX.

Literatura[editar | editar código-fonte]

  • Bernard de Montfaucon, "Palaeographia Graeca" (Paris, 1708), p. 260.
  • Russell Champlin, "Family E and its Allies in Matthew", S & D XXVIII (Salt Lake City, 1967), pp. 163–169.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]