Continental Baths

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os Continental Baths eram uma sauna gay na cave do Hotel Ansonia em Nova Iorque, inaugurados em 1968 por Steve Ostrow. Eram publicitados como uma reminiscência da "glória da Roma Antiga". [1] O documentário Continental por Malcolm Ingram mostra o clube, desde o auge da sua popularidade até ao início da década de 1970. [2]

Instalações[editar | editar código-fonte]

O Ansonia Hotel, New York City, cerca de 1905

Os Continental Baths tinham uma pista de dança, um salão de cabaré, salas de sauna, um piscina "Olympia blue" e tinham capacidade para 1.000 homens, estando abertas 24 horas por dia.

Um guia gay da década de 1970 descreveu os Continental Baths como um lugar que "revolucionou a cena das saunas de Nova Iorque". [3]

Os Continental Baths tinham um sistema de alerta que avisava os clientes para a chegada da polícia. Havia também uma {0clínica para doenças sexualmente transmissíveis, um dispensador de A200] (um shampoo contra piolhos) nos chuveiros e lubrificante KY à venda nas máquina automáticas.

Espetáculo[editar | editar código-fonte]

Uma atração adicional do clube eram os espetáculos de grande qualidade por artistas, como:

Pelas suas performances nos Baths, Bette Midler era conhecida por Bathouse Betty. Foi nos Continental Baths, acompanhada ao piano por Barry Manilow (que, como os clientes, por vezes, se vestia apenas com uma toalha branca à cintura[6] ), que Bette Midler criou a sua persona de palcoa Divine Miss M.

Despite the way things turned out [with the AIDS crisis], I'm still proud of those days [when I got my start singing at the gay bathhouses]. I feel like I was at the forefront of the gay liberation movement, and I hope I did my part to help it move forward. So, I kind of wear the label of 'Bathhouse Betty' with pride.[7]
Bette Midler
Houston Voice
Despite the way things turned out [with the AIDS crisis], I'm still proud of those days [when I got my start singing at the gay bathhouses]. I feel like I was at the forefront of the gay liberation movement, and I hope I did my part to help it move forward. So, I kind of wear the label of 'Bathhouse Betty' with pride.[8]
Bette Midler
Houston Voice

Apesar das queixas constantes de Midler sobre "essas cascatas malditas", as suas performances junto à piscina tiveram tanto sucesso que tiveram projeção nacional, com repetições no The Tonight Show Starring Johnny Carson.

Encerramento[editar | editar código-fonte]

Os banhos Continental perderam muita da sua clientela gay em 1974. A razão para o declínio foi, como um gay novaiorquino disse: "Acabámos por nos fartar desses shows tontos e exagerados. Todas esses heteros na nossa sauna faziam-nos sentir como se fôssemos parte da decoração e que estávamos lá em exposição, para os divertir."

No final de 1974, o número de clientes era tão baixo que Steve Ostrow decidiu fechar o salão de cabaré. Concentrou-se, em vez disso, em ressuscitar o negócio que estava na origem da sauna. Chegou a fazer publicidade na WBLS, mas sem sucesso. Finalmente, Ostrow teve que fechar os Continental Barhs de vez. As instalações, contudo, foram reabertos em 1977 como um clube de troca de casias heterossexual, chamado Plato's Retreat. O Plato's Retreat mudou-se para a W. 34th St. em 1980 e foi encerrado por ordem da câmara de Nova Iorque, no auge da epidemia de SIDA. [9]

Raides da polícia[editar | editar código-fonte]

Em fevereiro de 1969, o Continental Baths foi invadida pela Polícia de Nova Iorque. Vinte e dois clientes foram presos, identificados por um polícia à paisana que identificou os homens que se ofereceram para fazer sexo com ele ou que, realmente, tinham tido relações sexuais com ele. O mesmo voltou a acontece em dezembro desse ano, quando a polícia entrou no Continental Baths e prendeu três clientes e três funcionários, acusando-os de cometer atos obscenos e lascivos, e injúria, respectivamente. [10]

Veja também[editar | editar código-fonte]

  • Ansonia Hotel
Portal A Wikipédia possui os portais:
  • New York City
  • LGBT
  • Sexuality
  • Plato's Retreat

Referências[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Maer Roshan (1998-04-06), 30th Anniversary Issue / Larry Kramer: Queer Conscience, New York Magazine, http://newyorkmetro.com/nymetro/news/people/features/2423/ 
  2. San Vincente, Romeo. "Gay Documentary Round-Up", December 2012. Página visitada em 30 December 2012.
  3. Colter, Ephen Glenn (1996), Policing Public Sex: Queer Politics and the Future of AIDS Activism, South End Press, ISBN 0-89608-549-X  Citação usado da p. 200
  4. Laurie Wheeler, Manilow, Barry. Continental Baths appearances, http://experts.about.com/q/Manilow-Barry-511/Continental-Baths-appearances.htm, visitado em 2006-06-04 
  5. SkyMovies (2006-05-14), Bette Midler Biography, thebiographychannel, http://www.thebiographychannel.co.uk/biography_story/1014:1249/1/Bette_Midler.htm 
  6. The History of Gay Bathhouses. Online Consultado em 23 de fevereiro de 2004. Disponível: http://www.gaytubs.com/ahistory.htm
  7. Bette Midler, Houston Voice, 23 October 1998, http://www.houstonvoice.com 
  8. Bette Midler, Houston Voice, 23 October 1998, http://www.houstonvoice.com 
  9. Suzanne Golubski & Bob Kappstatter (1986-01-01), The New York Daily News article: "Swinging doors shut", http://www.wmob.com/artpages/platos1.html 
  10. Jonathan Black (19 March 1970), The Boys in the Snake Pit: Games 'straights' play, The Village Voice, http://news.google.com/newspapers?id=s1QQAAAAIBAJ&sjid=N4wDAAAAIBAJ&pg=6399,4081670&dq=continental-baths+raid, "In the last few months there have been several dozen arrests at Continental, on charges ranging from solicitation and sodomy to spitting and piling garbage." 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

[[Category:]]