Cosmografia de Ravena

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Cosmografia de Ravena é o nome dado a uma obra compilada por um clérigo anônimo que viveu em Ravena, na Itália, por volta do ano 700 d.C.. Consiste de uma lista de topônimos que abrangem o mundo, da Índia à Irlanda. Evidências textuais indicam que o autor frequentemente utilizava mapas como sua fonte. É a principal listagem geográfica do gênero para os itinerários por terra do período bizantino, comparável em importância ao que o Mapa de Peutinger representa para o período romano.[1]

Os textos que sobreviveram, três cópias manuscritas, feitas três ou quatro gerações depois do manuscrito original, oferecem diversos desafios. As cópias estão repletas de erros de ortografia, divisões de palavras e omissões; as variações entre os textos não se limitam apenas aos topônimos, mas também são significativas nos comentários.

A edição crítica mais recente dos três manuscritos foi a de Joseph Schnetz, Itineraria Romana, vol. II: Ravennatis Anonymi Cosmographia et Guidonis Geographica, 1942 (republicada em 1990), B G Teubner, Stuttgart.

Referências

  1. Harley, John Brian; Woodward, David. The History of cartography. p. 260. Humana Press. ISBN 0226316335, 9780226316338.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Sites que abordam a seção britânica[editar | editar código-fonte]

Sites que abordam a seção ibérica[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre geografia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.