Craig Chaquico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Craig Chaquico
Craig Chaquico em 1974
Informação geral
Nascimento 26 de setembro de 1954 (60 anos)
Origem Sacramento, Califórnia
País  Estados Unidos
Gênero(s) jazz
new age
world music
Instrumento(s) guitarra
Outras ocupações compositor, artista gráfico

Craig Chaquico (Sacramento, Califórnia, 26 de setembro de 1954) é um guitarrista estadunidense de descendência portuguesa e nativo americana.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Chaquico foi criado em Sacramento, Califórnia, e frequentou a La Sierra High School. Começou a tocar guitarra ainda jovem e aos 14 anos de idade já tocava profissionalmente em casas noturnas.[1] Durante grande parte de sua carreira, ele viveu nas proximidades de São Francisco e foi intimamente associado com a música daquela cidade. Paul Kantner, da banda de rock psicadélico Jefferson Airplane, o viu tocar e convidou Chaquico para acompanhá-lo em uma série de sessões de gravação e shows.[1] Durante esse período, os membros do Airplane, Grateful Dead, Quicksilver Messenger Service e Crosby, Stills & Nash (and Young), frequentemente apareceram juntos em apresentações e gravações, e Chaquico tocou ao lado de uma série de músicos, incluindo Jerry Garcia, David Crosby, David Freiberg e Carlos Santana. Sua primeira gravação foi com Kantner e Grace Slick, em 1971, em seu álbum duplo, Sunfighter.[1]

Depois de informalmente ter se juntado ao recém-renomeado Jefferson Starship, ele esperava voltar à escola depois de uma turnê. Em vez disso, Slick e Kantner aproximaram-se dele em 1974, convidando-o para se juntar a banda permanentemente. Chaquico aproveitou a chance.

Chaquico permaneceu quando Kantner saiu e a banda se transformou em Starship. Ele co-escreveu a canção "Find Your Way Back" do álbum Modern Times, lançado em 1981. Uma versão smooth jazz desta mesma melodia também aparece no álbum solo de Chaquico, Planet Acoustic, de 1994.

Quando o Starship se separou, Chaquico formou a Big Bad Wolf, uma banda de hard rock na mesma linha de Starship.[1] Gravaram apenas um álbum antes de se separarem. Ele então se aventurou em uma nova carreira como um guitarrista de jazz contemporâneo/new age. Chaquico colaborou com Ozzie Ahlers para os seus dez álbuns solo desde 1993, o mais famoso deles é o segundo, Planet Acoustic, de 1994, que rendeu uma indicação ao Grammy Award de melhor álbum de new age. Desde então Chaquico tem consolidado sua posição como um dos artistas que mais vendem no estilo jazz contemporâneo e new age.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Com Paul Kantner e/ou Grace Slick (como guitarrista principal)[editar | editar código-fonte]

  • Sunfighter (Kantner & Slick) (1971)
  • Baron von Tollbooth and the Chrome Nun (Kantner, Slick, Freiberg) (1973)
  • Manhole (Grace Slick) (1974)
  • Planet Earth Rock and Roll Orchestra (Paul Kantner) (1983)

Com Jefferson Starship (como guitarrista principal)[editar | editar código-fonte]

Com Starship (como guitarrista principal)[editar | editar código-fonte]

  • Knee Deep in the Hoopla (1985)
  • No Protection (1987)
  • Love Among the Cannibals (1989)
  • Greatest Hits (Ten Years and Change 1979-1991)
  • The Best of Starship (1993)

Solo[editar | editar código-fonte]

  • Acoustic Highway (1993)
  • Acoustic Planet (1994)
  • A Thousand Pictures (1996)
  • Once in a Blue Universe (1997)
  • From the Redwoods to the Rockies – com Russ Freeman (1998)
  • Four Corners (1999)
  • Panorama: The Best of Craig Chaquic (2000)
  • Shadow and Light (2002)
  • Midnight Noon (2004)
  • Holiday (2005) – álbum natalino
  • Follow the Sun (2009)
  • Fire Red Moon (2011)

Diversos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d An Interview with Craig Chaquico. Visitado em 9 de janeiro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.