Cultura natufiana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde Dezembro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O Conjunto Natufiano faz parte do grupo dos poucos sítios com antiguidades da era incipiente de cultivo e domesticação de animais.

Fontes arqueológicas[editar | editar código-fonte]

As camadas superiores de numerosas cavernas palestinas revelam o chamado Conjunto Natufiano. Várias determinações radiocarbônicas feitas na Palestina, indicaram uma extensão de dois milênios, atribuídos ao conjunto, que vão de 10.000 à 8.000 anos antes de Cristo.

Além da Palestina, no Líbano e na Síria, foram encontrados vestígios da indústria natufiana de sílex. O Professor Enver Bostanci encontrou pistas de alguns utensílios do tipo natufiano em Beldibi, caverna da costa Centro-Sul da Turquia.

Os produtores do conjunto natufiano viveram em cavernas, sendo a melhor conhecida a do Monte Carmelo, em vasto abrigo rochoso e no terraço fronteiro, além de um bom número de sítios a céu aberto quem tem concisamente descrito.

O povo natufiano vivia em sua maior parte da caça e da coleta de alimentos, assim como nos sítios de Karim Shahir. Ao mesmo tempo, temos instrumentos que sugerem um avanço incipiente no sentido da produção de alimentos, como por exemplo: foices, pedras de moer, etc. (Braidwood, 1988)