Darod

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os Darod (em Somali: Daarood, em árabe: دارود) é um clã somali. O pai deste clã é nomeado Abdirahman bin Ismail al-Jabarti, porém é mais comumente conhecido como Darod. Na língua somali, a palavra "Daarood" significa "composto fechado", uma fusão de duas palavras Daar (composto) e ood (lugar fechado por muro, árvores, madeiras, cercas, etc.)

A população Darod na Somália vive principalmente no norte, com presença em Kismayo, além da região do sudoeste de Gedo. Fora da Somália propriamente dita, existem vários sub-clãs Darod em Ogaden e na Província do Nordeste (atualmente administradas pela Etiópia e Quênia, respectivamente), bem como no Iêmen. Diversas fontes, incluindo o Relatório da Comissão Canadense de Inquérito sobre a Somália, indicam que os Darod são o maior clã somali .[1] [2] No entanto, outras fontes, como a CIA e a Human Rights Watch indicam que os Hawiye são o maior clã da Somália.[3] [4]

Árvore do clã[editar | editar código-fonte]

Não há nenhum acordo claro sobre o clã e as sub-estruturas do clã e muitas linhagens são omitidas. A lista a seguir é baseada em Conflict in Somalia: Drivers and Dynamics de 2005 do Banco Mundial e na publicação do Home Office do Reino Unido , Somalia Assessment 2001.[5] [6]

David D. Laitin e Said S. Samatar oferecem um quadro um pouco diferente:[11]

Na parte sul central da Somália o Banco Mundial mostra a árvore de clãs a seguir:[12]

  • Darood
    • Kablalah
      • Koobe
      • Kumade
    • Isse
    • Sade
      • Mareehan
      • Facaye
    • Ortoble
    • Leelkase (Lelkase)

Em Puntland, o Banco Mundial revela o seguinte:[13]

  • Darod
    • Marehan
    • Awrtable
    • Lelkase

Uma tradição afirma que Darod teve uma filha.[14]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. The Situation in Somalia Report of the Somali Commission of Inquiry, Vol. 1.. Página visitada em November 21, 2005.
  2. Somalia Assessment 2001, Annex B: Somali Clan Structure, Country Information and Policy Unit, Home Office, Great Britain, Retrieved 2020-06-20
  3. Central Intelligence Agency (2002). Ethnic Groups Somalia Summary Map.. Página visitada em February 15, 2006.
  4. Human Rights Watch (1990). Somalia: Human Rights Developments Human Rights Watch World Report 1990.. Página visitada em November 21, 2005.
  5. Worldbank, Conflict in Somalia: Drivers and Dynamics, January 2005, Appendix 2, Lineage Charts, p.55
  6. Country Information and Policy Unit, Home Office, Great Britain, Somalia Assessment 2001, Annex B: Somali Clan Structure, p. 43
  7. Proceedings of the Royal Geographical Society and monthly record ..., Volume 6 page 260-261. By Royal Geographical Society (Great Britain)
  8. African tribal Names
  9. Ethnographie Nordost-Afrikas ... By Philipp Paulitschke
  10. Genealogical Table of Somali Clans
  11. Laitin and Samatar, Somalia: Nation in Search of a State (Boulder: Westview, 1987), p. 32
  12. Worldbank, Conflict in Somalia: Drivers and Dynamics, January 2005, Appendix 2, Lineage Charts, p.56 Figure A-2
  13. Worldbank, Conflict in Somalia: Drivers and Dynamics, January 2005, Appendix 2, Lineage Charts, p.57 Figure A-3
  14. Laurence, Margaret. A Tree for Poverty: Somali Poetry and Prose. HamiltonMcMaster University, 1970. p. 145. ISBN 1550221779

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Hunt, John A. (1951). "Chapter IX: Tribes and Their Stock". A General Survey of the Somaliland Protectorate 1944–1950. London: Crown Agent for the Colonies. Accessed on October 7, 2005 (from Civic Webs Virtual Library archive).
  • The Somali Ethnic Group and Clan System Civic Webs Virtual Library, from: Reunification of the Somali People by Jack L. Davies, Band 160 IEE Working Papers, Institute of Development Research and Development, Ruhr-Universität Bochum, Bochum, Germany 1996, ISBN 3-927276-46-4, ISSN 0934-6058.. Página visitada em January 22, 2006.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]