Das Cabinet des Dr. Caligari

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Das Cabinet des Dr. Caligari
O Gabinete do Doutor Caligari (PT/BR)
 Alemanha
1920 • p&b • 71 min 
Direção Robert Wiene
Roteiro Hans Janowitz
Carl Mayer
Elenco Werner Krauss
Conrad Veidt
Friedrich Fehér
Lil Dagover
Hans Heinrich von Twardowski
Género suspense / terror
Idioma alemão
Página no IMDb (em inglês)

Das Cabinet des Dr. Caligari (br/pt: O Gabinete do Doutor Caligari) é um filme alemão expressionista e mudo de 1920, dos gêneros terror e suspense, dirigido por Robert Wiene.

Extremamente influente no meio cinematográfico, "O Gabinete do Dr. Caligari" compõe uma metáfora do olhar deformado com ruas estreitas e entrecortadas, telhados góticos e cubistas e prédios e objetos deformados, resultando em uma das obras-primas das primeiras décadas do cinema e uma das mais importantes referências estéticas até hoje.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Cquote1.svg A TALE of the modern re-appearance of an 11th Century Myth involving the strange and mysterous influence of a mountebank monk over a somnambulist. Cquote2.svg
Frase do início do filme
Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O filme inicia-se com dois homens sentados em um cenário obscuro conversando. Então, Francis, um dos homens, diz ao que estava ao seu lado que aquela história que ele lhe contara era interessante mas que ele tem uma história ainda pior. A cena é cortada e o filme passa então a mostrar a narração de Francis como flashback.

Em um vilarejo em uma região montanhosa da Alemanha, Holstenwall, chega o Dr. Caligari com seu acompanhante Cesare. Caligari vai até a administração do vilarejo pedir autorização para apresentar, na feira da cidade, seu show com Cesari, quem afirma estar dormindo por 25 anos. Quando perguntado sobre o tipo de apresentação que faria ele afirma "sonambulismo". A pessoa que o atende está muito apressada e acaba, de forma rude, lhe passando para outro empregado com quem receberia a autorização.

No dia anterior ao início da feira, Caligari divulga seu show afirmando que Cesare é um sonâmbulo que pode prever o futuro e convida as pessoas a assistirem a apresentação no dia seguinte. Durante a noite deste dia o atendente que tratou mal o Dr. Caligari é morto a punhaladas e seu assassino permanece misterioso. A profecia de Cesare é confirmada, pois na mesma noite Francis morre a punhaladas por um assassino misterioso.

No dia seguinte, o Doutor anuncia de novo seu show e várias pessoas entram em sua tenda, dentre ela dois amigos, Francis, o narrador da história, e Alan. Caligari inicia sua apresentação, desperta Cesare e pede para que as pessoas lhe perguntem sobre o futuro. Alan, então, lhe pergunta quando ele irá morrer. Cesare fixa os olhos em Alan e responde que ele não viverá até a próxima alvorada. Consternado, Alan deixa a tenda e Francis o segue. Francis suspeita então de Cesare e Caligari e avisa a polícia. A polícia vai até o gabinete do Dr. Caligari procurar por evidências do crime mas nada encontra. Inicia-se uma longa cena de buscas da polícia, inclusive prendendo um supeito, e comentários gerais sobre os assassinatos. Então, Caligari ordena que seu sonâmbulo hipnotizado mate a noiva de Francis, Jane. Cesare parte com seu punhal para a casa de Jane e a encontra dormindo. Quando faz um gesto para desferir o golpe fatal, Cesare se sente atraído pela beleza de Jane, a aguarra nos braços. Ela acorda e tenta lutar com Cesare que acaba fazendo-a desmaiar. Então, Cesare a segura nos braços e tenta escapar da casa quando é percebido pelos moradores e pela polícia que partem em sua perseguição. Cesare abandona Jane no meio do caminho e acaba morrendo durante a perseguição.

Nesse meio tempo, Francis estava na frente da casa de Caligari esperando encontrar alguma evidência e Caligari o estava engando fazendo-o acreditar que Cesare estava em casa com um boneco semelhante a Cesare. Quando descobre, Francis chama a polícia que investiga e Caligari acaba fugindo para as montanhas. Francis, juntamente com um corpo policial, parte em perseguição de Caligari. Caligari atravessa as montanhas e apenas Francis não desiste da perseguição. A cena é cortada e volta com Francis percebendo que está na frente de um hospital psiquiátrico onde Caligari tinha acabado de entrar. Francis entra e pergunta aos enfermeiros se um homem chamado "Caligari" havia entrado ali. Eles dizem que apenas o diretor poderia revelar informações pessoais dos pacientes e, quando Francis vai até o gabinete do diretor pedir informações, ele percebe que o diretor do hospital psiquiátrico é o próprio Caligari.

Francis conta sua história aos enfermeiros que acreditam nele e o ajudam a entrar no gabinete de Caligari quando este estava dormindo. Lá, eles leem o diário do Doutor e descobrem, em uma história datada de 1093, que Caligari era o nome de um frade italiano que havia matado várias pessoas utilizando-se de um sonâmbulo hipnotizado. O Doutor entra no gabinete e, quando confrontado com a morte de Cesare, assume que havia utilizado-o para matar é aprisionado em uma sala do hospital psiquiátrico.

O filme então volta para cena inicial e Francis termina dizendo que Caligari envelheceu dentro de sua cela louco e agourento. Nesse momento, a câmera se abre e percebe-se que Francis está sentado no pátio do hospital psiquiátrico da sua descrição. Nesse mesmo pátio pode-se ver Cesare e Jane. Francis chega perto de Jane e pergunta quando eles vão se casar, ela lhe responde, sem desviar a atenção do que estava fazendo, que eles são da nobreza e que corações que se amam nunca poderão ficar juntos. Francis vira-se então para Cesare, que estava tranquilo com algumas flores em sua mão, e começa a gritar para os outros internos no pátio que Cesare previa o futuro mais matava a pessoa a quem ele havia feito a previsão. Então, Francis vê o doutor que acabava de entrar no pátio e tenta agredi-lo. Os enfermeiros o cercam, prendem-no em uma camisa de força e o trancam em uma sala, a mesma sala que Caligari havia sido preso na narração anterior de Francis. O Doutor entra então na sala, acaricia os cabelos de Francis, vira-se para os enfermeiros e diz que Francis acredita que ele é Caligari, um Frade assassino de uma história antiga. O Doutor termina dizendo que um dia ele achará uma cura e ajudará Francis. Nesse momento o filme se encerra e percebe-se que Francis era um interno do hospital psiquiátrico e que a narração toda fazia parte da sua desordem mental.

Cabinet of Dr Caligari 1920 Lobby Card.jpg
Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Remake[editar | editar código-fonte]

Em 2005 foi lançado um remake do filme, dirigido pelo cineasta David Lee Fisher. O filme foi lançado em 2007 em DVD pela distribuidora Dark Horse Entertainment.[1]

Referências

  1. Remake do Dr. Caligari - Omelete.com.br

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.