Deslizamento basal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Deslizamento basal é o ato de um deslizamento de geleira sobre o leito antes dele devido ao derretimento da água sob o gelo agindo como um lubrificante. Este movimento realmente muito depende da temperatura da área, da ladeira da geleira, do tamanho do sedimento do leito, da quantidade da água derretida da geleira e do tamanho da geleira.

O movimento que acontece a estas geleiras à medida que deslizam é aquele movimento convulsivo onde qualquer evento sísmico, especialmente na base da geleira, pode causar movimento. A maioria do movimento foi descoberto ser causado pela água derretida pressionada ou sedimentos pequenos saturados de água sob a geleira. Isto dá a geleira uma superfície muito mais suave sobre a qual se mover em oposição a uma superfície àspera que tende a diminuir a velocidade do deslizamento. Embora o derretimento de água seja a fonte mais comum de deslizamento basal, tem sido mostrado que sedimento saturado de água também pode ser responsável por até 90% do movimento basal que estas geleiras fazem.

A maioria da atividade vista do deslizamento basal está dentro de geleiras finas que estão relaxando em uma ladeira íngreme e isto, na maioria das vezes, acontece comumente durante as estações de verão quando o sol funde um pouco da geleira exposta. Os fatores que podem desacelerar ou parar o deslizamento basal se relacionam com a composição da geleira e também com o ambiente circundante. O movimento da geleira é afrontado por escombros, se está dentro da geleira ou sob a geleira. Isto pode afetar a quantidade de movimento que é feito pela geleira em larga porcentagem, especialmente se a ladeira na qual ela se situa está baixa. A tração causada por este sedimento pode barrar uma geleira se movendo de forma gradual se ela interfere com o sedimento oculto ou a água que está ajudando a transportá-lo.

Os Grandes Lagos foram criados devidos ao movimento basal.


Referências[editar | editar código-fonte]

  • Easterbrook, D. J. 1999. “Surface Processes and Landforms,” 2nd ed. Prentice-Hall, Inc. p. 297-300.
Ícone de esboço Este artigo sobre glaciologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.