Epistulae morales ad Lucilium

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Epistulaemoralesadlucilium1887paris.JPG

Epistulae morales ad Lucilium ou Epístolas de Séneca, é uma colecção de 124 cartas escritas por Séneca no final da sua vida. São endereçadas a Lucilius, o então Governador Romano da Sicília, apesar de apenas ser conhecido pelos escritos de Séneca.

Conteúdo[editar | editar código-fonte]

As cartas começam todas com a frase "Seneca Lucilio suo salutem" ("Séneca saúda o seu Lucilius") e terminam com a palavra "Vale" ("Adeus"). Nestas cartas, Séneca dá a Lucilius dicas sobre como se tornar um estóico mais devoto. Algumas das cartas incluem temas como "Sobre o Ruído", outras sobre "a influências das massas" e sobre "como lidar com os escravos". Apesar de lidarem com a forma ecléctica de filosofia estóica de Séneca, também nos dão valiosas visões sobre o dia-a-dia da Roma Antiga.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]