Esteira transportadora

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Este artigo ou seção precisa ser wikificado (desde agosto de 2014).
Por favor ajude a formatar este artigo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Esteira transportatora numa velha mina de lignito

Uma esteira transportadora consiste em duas ou mais polias que movimentam uma superfície em que determinados materiais ou objetos são transportados.Ela é muito usada,principalmente na mineração.

Esteiras transportadoras são muito usadas no transporte de sacarias e tambem na área da construção podendo-se transportar os materiais (areia, brita, cimento) até o local da construção.

Cada componente de uma correia transportadora tem um desempenho importante no funcionamento do transportador.

Os sistemas de esteiras transportadoras existem desde 1919, e servem para redução de tempo e custos nas industrias, eles podem ser automatizados ou não, depende da aplicação que cada industria necessita.

A composição de uma correia têxtil é formada basicamente por quatro itens:

1. COBERTURA SUPERIOR E INFERIOR DE BORRACHA.(Podendo assim ser resistente a óleos, temperatura e abrasão. )

2. CARCAÇA TÊXTIL.(Antigamente era composta de fibras naturais como o algodão, porém hoje em dia se utiliza o poliéster e nylon junto com um banho de dip em cada lona para melhorar a adesão com a borracha) 3. BORRACHA DE LIGAÇÃO.

4. COBERTURA INFERIOR DE BORRACHA.

CARACTERÍSTICAS DOS COMPONENTES

COBERTURA SUPERIOR: Tem como principal característica proteger a carcaça da ação do material transportado, como:

Resistir à abrasão.

Resistir a óleos , substâncias ácidas e alcalinas.

Resistir ao calor, sob alta temperatura.

A condições específicas, com propriedades especiais de resistência à chama, antiestática, atóxicas, etc.

Ver tabela “Tipos de Cobertura de Borracha”.

CARCAÇA: Trata-se de um reforço têxtil de fibras sintéticas, cuja característica principal é de resistir à tensão exigida pelo transportador.

Disponível em poliéster/nylon e nylon/nylon, urdume/trama, com características de:

Resistência ao calor com baixo alongamento.

Resistência ao impacto.

Estabilidade dimensional e equilíbrio.

Resistência contra umidade e mofo.

Flexibilidade e suporte de carga (acamamento).

Excelente adesão entre seus componentes de alta qualidade.

BORRACHA DE LIGAÇÃO: Característica principal de interligar as camadas, objetivando perfeita adesão, estabilidade e acamamento.

COBERTURA INFERIOR: Tem como principal característica proteger a carcaça da ação de atrito e abrasão dos tambores e roletes. Geralmente são do mesmo tipo da cobertura superior

Ícone de esboço Este artigo sobre transportes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.