Eu Sou o Que Sou

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Eu Sou o Que Sou (em hebraico: אֶהְיֶה אֲשֶׁר אֶהְיֶה, pronunciado Ehyeh Asher Ehyeh) é uma tradução comum em Português (ARA entre outras) da resposta de Deus usada na Bíblia hebraica quando Moisés perguntou seu nome.[1] É um dos versos mais famosos da Torá. Hayah significa "existiu" ou "era" em hebraico, "Ehyeh" é a primeira pessoa do singular da forma imperfeita e é geralmente traduzida nas Bíblias em Português como "serei", por exemplo, em Êxodo 3:14. Ehyeh Asher Ehyeh é geralmente interpretado como significando que Eu Sou o que Sou, embora também possa ser traduzido como "Eu Serei o que Serei".[2]

Ehyeh-Asher-Ehyeh (muitas vezes contraído em Português como "Eu Sou") é um dos Sete Nomes de Deus concedido em cuidado especial pela tradição judaica medieval.[3] A frase também é encontrada em outras literaturas do mundo religioso, usada para descrever o Ser Supremo, em geral, remetendo para o seu uso em Êxodo. A palavra Ehyeh é considerada por muitos estudiosos rabínicos como sendo uma derivação de primeira pessoa do Tetragrammaton, ver por exemplo Yahweh.

Judaísmo[editar | editar código-fonte]

Bíblia Hebraica[editar | editar código-fonte]

A palavra Eyeh é usada em um total de 43 lugares na Bíblia hebraica, onde normalmente é traduzida como "Eu serei" - como é o caso de sua primeira ocorrência, em Gênesis 26:3 - ou "serei", como é o caso para a sua ocorrência final em Zacarias 8:8. A importância colocada na frase, como ele é usado por Deus para se identificar na Sarça Ardente, decorre da concepção hebraica do monoteísmo que Deus existe por si mesmo para si mesmo, e é o Criador incriado, que é independente de qualquer conceito, força ou entidade. Portanto, "eu sou quem eu sou" (em curso).

Alguns estudiosos afirmam que o Tetragrammaton se deriva da mesma raiz verbal, seguindo uma interpretação rabínica de Êxodo 3:14, mas outros afirmam que ele pode simplesmente soar similar como pretendido por Deus, como o Salmo 119 e as palavras hebraicas "shoqed" (assistir) e "shaqed" (ramo de amêndoa) encontrada em Jeremias 1:11-12. Se o Nome Santo (escrito como YHWH) é derivado de Eyheh, ou se os dois são conceitos independentes, é um assunto de debate entre os historiadores e teólogos.

Na aparência, é possível interpretar YHWH (יהוה) como uma terceira pessoa do singular na forma arcaica do verbo hayah (אהיה) "ser", significando, portanto, "Ele é". Ele é notavelmente diferente da raiz El, que pode ser usada como um substantivo simples para se referir à divindade criadora, em geral, como em Elohim, que significa simplesmente "Deus" (ou deuses). Esta interpretação está de acordo com o significado do nome dado em Êxodo 3:14, onde Deus é representado como se estivesse falando e, portanto, como o uso de primeira pessoa - ehyeh "eu sou". Outros estudiosos consideram a raiz triconsonantal de hawah (הוה) como uma origem mais provável para o nome Yahweh (יהוה).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Êxodo 3:14
  2. Tempos verbais em hebraico denotam ação, não do tempo: o tempo perfeito denota ação concluída, e o imperfeito denota ação incompleta. Assim, o pretérito imperfeito pode ser traduzido como presente ou futuro, e isso pode causar problemas na tradução. A dificuldade é que para a mente hebraica, mesmo algo concluído pode ser no futuro: "Por exemplo, eu posso dizer "meu pai me ensinou sobre a vida", que é escrito no pretérito. Enquanto meu pai me ensinou há muitos anos, nós vemos isto como tempo passado e na mente hebraica é uma ação concluída. Mas, na mente hebraica esta ação concluída existe no passado, presente e no futuro. Eu ainda aprendo com meu pai hoje, lembrando tudo o que ele me ensinou e vou continuar a aprender com ele mesmo depois de ele estar morto". [1] Para traduções alternativas do nome de Deus ver pages/08_myname.htm Rakkav.com
  3. A Enciclopédia do Leitor, segunda edição 1965, editora Thomas Y. Crowell Co., New York, edições 1948, 1955. Catálogo da Biblioteca do Congresso, cartão nº 65-12510, página 918
Ícone de esboço Este artigo sobre judaísmo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.