Eugenio Alexandre de Thurn e Taxis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eugenio Alexandre de Thurn e Taxis, em retrato de 1714.

Eugenio Alexandre de Thurn e Taxis foi o primeiro chefe da Casa de Thurn e Taxis.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Bruxelas em 11 de janeiro de 1652,[1] foi o segundo filho do chefe do Serviço Postal de Thurn e Taxis Conde Lamoral Claudius Francisco de Thurn e Taxis e de sua esposa, a Condessa Anna Franziska Eugenia von Horn.

Em setembro de 1676, após a morte de seu pai, Eugenio Alexandre tornou-se seu sucessor como diretor geral dos correios do Sacro Império Romano-Germânico,[1] bem como dos Países Baixos Espanhóis. Em 1695, foi elevado a príncipe de Thurn e Taxis por Leopoldo I, tendo recebido a Ordem do Tosão de Ouro. Após a ocupação de Bruxelas pela França e a perda de posições nos Países Baixos, mudou-se para Frankfurt am main em 1702.[1] Ele morreu em Frankfurt am Main, em 21 de fevereiro de 1714.[1]

Matrimônios e descendência[editar | editar código-fonte]

No dia 24 de março de 1678, Eugenio Alexandre casou-se com a princesa Anna Adelheid von Fürstenberg-Heiligenberg, falecida em novembro de 1701, com quem teve oito filhos, entre eles Anselmo Francisco de Thurn e Taxis. Em 21 de novembro de 1703, ele desposou a Condessa Anna Augusta von Hohenlohe-Waldenburg-Schillingsfürst.

Referências

  1. a b c d K. G. Saur Verlag GmbH & Company. Thibaut - Zycha, Volume 10. [S.l.]: Walter de Gruyter, 2006. 33 pp. ISBN 3110961164
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.