Exército da Nova Zelândia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Militares neozelandeses em 2011.

O Exército da Nova Zelândia (em inglês: New Zealand Army), (em Maori: Ngāti Tumatauenga, "Tribo do Deus da guerra"), é uma força militar terrestre e é uma das forças de defesa da Nova Zelândia que compreende cerca de 4 500 funcionários da força regular, 2 000 funcionários da força territorial e 500 civis. Anteriormente, chamava-se Forças Armadas da Nova Zelândia, e o nome atual foi adotado por volta de 1946. O Exército da Nova Zelândia tem traços da sua história de milícias de colonos sublevados em 1845.[1]

Os soldados da Nova Zelândia serviram com distinção nos grandes conflitos do século XX, incluindo na África do Sul, 1899-1902, na Primeira Guerra Mundial, Segunda Guerra Mundial, Guerra da Coreia, Emergência da Malaia, Confrontos no Bornéu e na Guerra do Vietnã. Desde 1970, as implantações tenderam a ser a assistência aos esforços de paz multilaterais.

Considerando a pequena dimensão da força, os compromissos operacionais mantiveram-se elevados desde o início da implantação do estado de Timor-Leste em 1999. A Nova Zelândia serviu na Primeira Guerra do Golfo, na Guerra do Iraque e atualmente na manutenção de paz em Timor-Leste, Afeganistão e ao serviço de outras missões das Nações Unidas.


Referências

  1. A short history of the New Zealand Army from 1840 to the 1990s, G J Clayton (ed) 1991
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Exército da Nova Zelândia

Ligações externas[editar | editar código-fonte]