FLOPS

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Out of date clock icon.svg
Este artigo ou seção pode conter informações desatualizadas.

Se sabe algo sobre o tema abordado, edite a página e inclua informações mais recentes.

Desempenho Computacional
Ordem de grandeza Quantidade(flop/s)
megaflop/s 106
gigaflop/s 109
teraflop/s 1012
petaflop/s 1015
exaflop/s 1018
zettaflop/s 1021
yottaflop/s 1024

FLOPS (flops, FLOP/s ou flop/s) é um acrônimo na computação que significa FLoating-point Operations Per Second, que, em português, quer dizer operações de ponto flutuante por segundo. Isto é usado para determinar o desempenho de um computador, especificamente no campo de cálculos científicos, que fazem grande uso de cálculos com ponto flutuante; similar a instruções por segundo. O "S" no final do termo não denota plural, mas significa exatamente o que o acrônimo apresenta, segundo. Outra forma de escrever tal termo é flop/s. (Não confundir com a forma FLOP, expressão também acronímica, porém com outro significado: FLoating-point OPeration, ou "operação de ponto flutuante", ou seja, refere-se apenas à quantidade das operações de ponto flutuante sem delimitar tempo.)

Já que dispositivos de computação têm enorme capacidade de processamento, convém utilizar unidades maiores que FLOPS, seus múltiplos. Os múltiplos mais utilizados são: megaflop/s (Mflop/s), gigaflop/s (Gflop/s), teraflop/s (Tflop/s), petaflop/s (Pflop/s) e exaflop/s (Eflop/s).

Em 2007 o mais rápido supercomputador, criado para empresa japonesa Riken, atingiu 1 petaflop/s. Resultado de uma parceria da Hitachi, da Intel e da NEC, ele associou 4808 processadores Xeon Dual-Core (Dempsey). (Para fixar ideias, uma calculadora básica de 4 operações possui um desempenho de "apenas" 10 flop/s.)

Em outubro de 2010, uma versão melhorada do supercomputador chinês Tianhe-I, Tianhe-1A, equipado com 7168 GPUs Nvidia Tesla e 14 336 processadores Intel Xeon[1] tornou-se o supercomputador mais rápido do mundo, capaz de atingir 2,5 petaflop/s[2] , à frente do supercomputador Jaguar, da Cray Inc.. O Tianhe-I é explorado como um sistema de livre acesso para a investigação científica que necessite de cálculo em grande escala[3] e usa um sistema operativo Linux[4] .

Medição de desempenho[editar | editar código-fonte]

Um benchmark deve estar disponível em todos os computadores de interesse. Um exemplo é o benchmark de LINPACK.

Há muitos fatores na performance do computador para medir da velocidade do calculo de pontos-flutuantes, como a performance de Entrada/Saída, comunicação do interprocessador, coerência de cache, e a hierarquia de memória. Isso significa que supercomputadores, em geral, são apenas capazes de uma pequena fração do seu desempenho teórico(obtido adiconando o pico de performance teórico de FLOPS de todos os elementos do sistema). Mesmo quando operando em paralelo cálculos muito grandes, o seu desempenho será lento, principalmente devido ao efeito residual da Lei de Amdahl.

Para aplicações comuns (não científicas), MIPS são de longe mais comuns. Medindo a velocidade de operação de pontos flutuantes, à princípio, não prevê corretamente como o processador vai executar uma tarefa. Entretanto, para um trabalho científico, como análise de informações, a medição de FLOPS é efetiva.

Historicamente, o primeiro uso sério e documentado de FLOPS como medida parece ser na justificativa da AEC ao congresso dos EUA para a compra do CDC 6600 nos anos 1960.

Recordes[editar | editar código-fonte]

Computadores[editar | editar código-fonte]

Supercomputadores[editar | editar código-fonte]

  • Em 25 de Maio de 2008, um supercomputador militar americano construído pela IBM, chamado "Roadrunner", alcançou o marco de computação de um petaflop de processamento com mais de 1,026 quatrilhão de cálculos por segundo. Ele liderou os rankings de Junho de 2008 e Novembro de 2008 no TOP500 dos mais poderosos supercomputadores (excluindo os computadores da rede). O nome do computador refere-se à ave do estado do Novo México, o Roadrunner Maior.
  • Em novembro de 2008, a última atualização para o supercomputador Cray Jaguar XT5-HE do Oak Ridge National Laboratory (Laboratório de Oak Ridge) aumentou o poder do sistema de computação para 1,75 petaflop/s, ou um quatrilhão de cálculos matemáticos por segundo, tornando o Jaguar o supercomputador mais poderoso do mundo até o ranking de junho/2010 do Top500.
  • Em outubro de 2010, a China conquistou o título de país com o supercomputador mais veloz do planeta, graças a supermáquina batizada de Tianhe-1A (contém 2,5 petaflop/s), que foi desenvolvido pela Universidade Nacional de Tecnologia de Defesa (NUDT, na sigla em inglês) e está instalado na cidade de Tianjin, onde será utilizado por cientistas de diversas áreas do conhecimento.[5]
  • O computador “K”, foi considerado o mais rápido do mundo, de acordo com o ranking TOP500, divulgado no dia 20 de junho de 2011, durante a Conferência Internacional de Supercomputadores (ICS 2011), realizada em Hamburgo, na Alemanha.

Para ter uma noção melhor, em nível de comparação, o “K” é o equivalente ao poder de 1 milhão de pc em um só.O computador ainda está em desenvolvimento, mas possui uma configuração de 672 racks equipados por 68.544 CPUs, capaz de efetuar 8,162 petaflop/s ou 8,2 quatrilhões de operações por segundo, mais que o triplo do chinês Tianhe-1A, considerado o mais rápido na classificação anterior. "K" gasta 9,89 megawatts de energia, equivalente à energia de 10 mil casas e, deverá ficar pronto até novembro de 2012 quando terá 800 racks e 80.000 CPU e deverá atingir 10 petaflop/s. O "supercomputador" da Fujitsu, criado em parceria com o instituto japonês de pesquisa Riken, conta com um investimento perto de R$ 2,23 bilhões (112 bilhões de ienes ou, 975 milhões de Euros) e será destinado para cálculo de prognósticos da mudança climática, detalhou a agência Kyodo. O supercomputador brasileiro, Tupã, do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais ) mudou sua colocação de 29º para o 34º lugar no ranking. O qual realiza 205 trilhões de operações de cálculos por segundo e, processar em 1 minuto dados que um pc comum demoraria mais de uma semana.

Placas de Vídeo[editar | editar código-fonte]

  • Em junho de 2008, a AMD lançou a ATI Radeon HD4800, que é feita para ser a primeira GPUs (placas de vídeo) a atingir uma escala em Tflop/s.
  • Em 12 de Agosto de 2008 a AMD lançou a ATI Radeon HD 4870X2 com duas GPU R770 num total de 2,4 teraflop/s.
  • Em 11 de Novembro de 2009 a AMD Lançou a ATi Radeon HD 5970 com um poder de 4,64 teraflop/s.
  • Em Maio de 2013 a NVIDIA lançou ao preço de U$ 1.000,00 (mil dolares americanos) a placa de vídeo GeForce GTX 690. A GeForce GTX 690 é a junção de dois chips gráficos GTX 680 com uma estrutura apropriada para realizar a conexão entre os processadores. Ela tem muitas semelhanças com a placa mais robusta da NVIDIA, todavia, ela se diferencia em muitos aspectos de outras placas de dois núcleos da fabricante.

Dados da NVIDIA GeForce GTX 690 :

   CUDA Cores: 3.072;
   Base clock: 915 MHz;
   Boost clock: 1.019 MHz;
   Memória: 4 GB GDDR5;
   Interface da memória: 512-bits;
   Velocidade de memória: 6 Gbps;
   TDP: 300 W;
   BUS Interface: PCI Express 3.0.


Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/nvidia/24229-geforce-gtx-690-placa-de-video-mais-rapida-do-mundo-chegara-ao-brasil-pelo-preco-de-uma-moto.htm#ixzz2Wl4hieNJ


Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/nvidia/23178-geforce-gtx-690-por-dentro-da-placa-de-video-mais-poderosa-do-momento.htm#ixzz2Wl4AQQQu

Computação distribuída[editar | editar código-fonte]

A computação distribuída utiliza a Internet para ligação de computadores pessoais para conseguir mais flops:

  • Bitcoin Network Hashrate - maio/2013 - médias superiores a 1038 Pflop/s ou 1 EXAFLOP/s.
  • Folding@Home - abril/2009 - alcançou 8,1 Pflop/s, sendo o primeiro projeto de computação de qualquer tipo a atravessar o marco de 4 Pflop/s. Este nível de desempenho é devido principalmente ao esforço somado de uma vasta gama de PlayStation 3, Microcomputadores e poderosas unidades GPU (placas de vídeo).
  • BOINC - ago/2008 - consegue médias acima de 2,2 Pflop/s.
  • SETI@Home - 697 Tflop/s.
  • Einstein@Home - 150 Tflop/s.

Notícias e expectativas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Supercomputador chinês torna-se o mais rápido do mundo (em português). Página visitada em 3-11-2010.
  2. BBC (29-10-2010). China claims supercomputer crown. Página visitada em 29-10-2010.
  3. Antone Gonsalves (28-10-2010). Information Week: China Claims World's Fastest Supercomputer (em en). Página visitada em 28-10-2010.
  4. CBC NewsChina's supercomputer called world's fastest - Tianhe-1 can make 2,507 trillion calculations per second (em en). Página visitada em 28-10-2010.
  5. Supercomputador chinês torna-se o mais rápido do mundo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]