Filippino Lippi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tobias e o Anjo

Filippino Lippi (1457–1504), artista italiano, filho do famoso pintor renascentista Fra Filippo Lippi. Seu estilo agitado é um prenúncio do Maneirismo. Em seus primeiros trabalhos se aproxima à obra de Sandro Botticelli, com quem estudou em Florença, aprendendo a combinar graça, agilidade e liberdade, tanto do estilo do mestre como do seu pai.

Seu amadurecimento começa a se revelar com A aparição da Virgem a São Bernardo (1486-circa), onde demonstra esforço e tensão mediante cores escuras, fortes contrastes de luz e linhas mais quebradas.

Os últimos trabalhos de Filippino culminaram com os magníficos afrescos da Capela Strozzi (1497-1502-circa). Ilustrando a vida de São João Evangelista e de São Felipe, estes afrescos representam um mundo antigo, revestido de detalhes arqueológicos e estranhas perspectivas arquitetônicas, dentro do qual se encenam os dramáticos, cruéis e duros episódios da vida de ambos os santos, prefigurando, como já mencionado, o estilo maneirista italiano.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Filippino Lippi