Flebotomia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A flebotomia é uma incisão praticada na veia, com objetivos diversos.

A mais frequente utilização da flebotomia é destinada à inserção de um cateter em uma veia periférica, seja para a administração de fármacos em um paciente de difícil acesso venoso (dificuldade em puncionar veias), seja para a inserção de cateter até o coração, para monitorização da pressão venosa central em pacientes graves.

Os indígenas brasileiros praticavam a flebotomia furando a veia escolhida com pequena flecha afiada e impulsionada por diminuto arco. O sangue era sugado por chifre colocado sobre a veia aberta.[1]

Referências

  1. Santos Filho, Licurgo de Castro. História geral da medicina brasileira. São Paulo: HUCITEC; São Paulo: Ed. da Universidade de São Paulo, 1977. 437p.