Flutuação quântica de vácuo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um complexo Diagrama de Feynman ivocando a partícula Higgs boson.

A flutuação quântica de vácuo, ou flutuação de energia, acontece quando o estado fundamental de uma partícula é atingido. Nenhuma partícula, pelos limites impostos pela Mecânica Quântica, pode ter energia igual a zero, pois assim ela teria uma velocidade e posição definida: zero. Mas cada partícula pode estar em seu estado de energia mínima, chamado de estado fundamental. Assim as partículas podem ter denominadas flutuações quânticas de vácuo. Isso é rotineiramente observado em processos envolvendo colisões de partículas, essas partículas vem em forma de flutuações de energia e depois de se colidirem, transformam-se em partículas de matéria, de acordo com a fórmula de equivalência entre massa e energia de Albert Einstein, E=mc^2.[1] [2] [3] [4] [5]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  1. James E. Lidsey, The Bigger Bang, Cambridge University Press, 2002 ISBN 1-139-44105-1 (em inglês)
  2. Cram101 Textbook Reviews, e-Study Guide for: Cosmology and Particle Astrophysics: Astronomy, Physical cosmology, Cram101 Textbook Reviews, 2012 ISBN 1-467-21519-8 (em inglês)
  3. Gabriel D. Roy, Advances in Chemical Propulsion: Science to Technology, CRC Press, 2001 ISBN 1-420-04068-5 (em inglês)


Portal A Wikipédia possui o portal:
Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.