Fonoautógrafo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O "fonoautógrafo" de Scott de Martinville
A canção Au clair de la lune, reprodução da gravação de 1860

O Fonoautógrafo é um sistema de gravação sonora inventado em 1857 por Édouard-Léon Scott de Martinville. O fonoautógrafo foi o primeiro aparato capaz de registrar sons em cilindros de papel, madeira ou vidro com uma capa de fuligem, sem no entanto dispor da capacidade de reproduzi-los.[1] O princípio de gravação do fonoautógrafo de Léon Scott era semelhante ao fonógrafo de Thomas Edison.[2]

Em 2008 uma equipe de historiadores e técnicos norte-americanos conseguiu extrair o som de uma gravação de 1860 da canção folclórica francesa Au clair de la lune, encontrada no mesmo ano num arquivo em Paris. A canção é considerada assim a gravação mais antiga do mundo.[3] [4]

Referências

  1. PICCINO, Evaldo. Um breve histórico dos suportes sonoros analógicos. Sonora. São Paulo:Universidade Estadual de Campinas / Instituto de Artes, vol. 1, n. 2, 2003.
  2. Museu do Auto Falante - Fonoautógrafo. museudoaltofalante.com.br. Página visitada em 11 de novembro de 2011.
  3. Canção Francesa De 1860 é Considerada A Gravação Mais Antiga Do Mundo. hiphopdosul.com.br. Página visitada em 11 de novembro de 2011.
  4. "Phonautogram - Thomas Edison - Lawrence Berkeley National Laboratory - Édouard-Léon Scott de Martinville - New York Times", The New York Times, NYTC. Página visitada em 11 de novembro de 2011.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Fonoautógrafo