BBC News

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Atual logo da BBC News.

BBC News (anteriormente BBC News and Current Affairs[1] ) é o departamento dentro da British Broadcasting Corporation (BBC) responsável pela área de jornalismo e notícias da corporação, e pela produção de seus programas de notícias, tanto para a televisão como para a rádio e internet.

O departamento é responsável por 120 horas de produção diária,[2] e é a maior organização a reunir e transmitir notícias no mundo.[3] O departamento se atém ao principal objetivo da Royal Charter ("Carta Real") da BBC, de "reunir notícias e informações em qualquer parte do mundo e da maneira que achar mais apropriado."[4] [5]

Sua cobertura política tem sua sede nos Estúdios de Millbank, em Millbank, número 4, em Westminster.[6] Com um orçamento anual de 350 bilhões de libras, a BBC News é composta por 3.500 funcionários, dos quais 2.000 são jornalistas.[3] O núcleo do departamento está sediado no News Centre, dentro do BBC Television Centre, no oeste de Londres, W12, e também está representado em centros regionais por todo o Reino Unido. Seu alcance global é o maior e mais abrangente do seu tipo em todo o mundo: tem correspondentes em quase todos os 240 países do mundo, com 44 escritórios para a coleta de notícias ao redor do globo, além de três escritórios do próprio departamento no Reino Unido.[3]

Ao contrário de quase todas as organizações de notícias de outros países, a BBC é uma organização semi-autônoma, e não se alia politicamente com o governo do Reino Unido, embora ocasionalmente preste seus respeitos à sua rainha; por diversas vezes se opôs a diversas políticas do governo do país, como a acusação, em 2005, de que a administração estaria exagerando e distorcendo os motivos para ir à guerra do Iraque. Frequentemente, no entanto, é acusada de ser esquerdista por direitistas e vice-versa.

A competição dentro do próprio Reino Unido vem do canal de notícias em 24 horas de Rupert Murdoch, Sky News, bem como da independente ITN, principal fornecedora de serviços jornalísticos para a ITV e o Channel 4.

Diversos países já restringiram ou baniram transmissões da BBC e a movimentação de seus jornalistas por questões políticas internas, forçando os correspondentes a fazer reportagens a partir de países vizinhos.

O departamento é chefiado atualmente por Helen Boaden.

Referências

  1. "Key Facts: BBC News and Current Affairs", BBC Press Office, Outubro de 2006. Página visitada em 2007-10-25.
  2. Content. Visitado em 2007-04-03.
  3. a b c "NewsWatch - About BBC News - This is BBC News". Página visitada em 3-4-2007.
  4. House of Commons Hansard Debates for 15 Feb 1996 (pt 22). Visitado em 3-4-2007.
  5. The BBC's Royal Charter and the BBC Agreement. Visitado em 3-4-2007.
  6. Os Estúdios de Millbank da BBC também funcionam como reserva, em caso de problemas com o TVC, e permanecem gravando continuamente a última hora do canal BBC News (sem o relógio que registra as horas) para esta eventualidade.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]