Rupert Murdoch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis publicadas por terceiros (desde julho de 2012).
Por favor, melhore-o, incluindo referências mais apropriadas vindas de fontes fiáveis e independentes.
Fontes primárias, ou que possuem conflito de interesse geralmente não são suficientes para se escrever um artigo em uma enciclopédia.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Rupert Murdoch
Rupert Murdoch em Nova Iorque em 2011
Nome completo Keith Rupert Murdoch
Nascimento 11 de março de 1931 (83 anos)
Melbourne, Austrália
Nacionalidade australiano e Norte-americano
Cônjuge Patricia Booker (1956-1967)
Ana Maria Torv (1967-1999)
Wendi Deng (1999-2013)
Filho(s) Prudence Murdoch
Elisabeth Murdoch
Lachlan Murdoch
James Murdoch
Grace Murdoch
Chloe Murdoch
Ocupação empresário

Keith Rupert Murdoch nasceu em 11 de março de 1931, em Melbourne na Austrália, filho de Sir Keith Murdoch (1885-1952) e Elisabeth Greene (nascida em 1909). Ele tem ascendência Inglesa, irlandesa e escocesa e sua religião é o Cristianismo. Seus pais eram ambos nascidos em Melbourne. Keith Murdoch foi um famoso correspondente de guerra e mais tarde um magnata da imprensa regional. Os pais de Murdoch se casaram em 1928. Além dele, o casal teve três filhas: Janet Calvert-Jones, Anne e Helen Handbury Kantor (1929-2004).[1]

À época, era apenas uma empresa medíocre, controladora de um jornal australiano em Adelaide, sem muito renome. Mas com a administração inteligente e ambiciosa de Murdoch e uma série de aquisições bem sucedidas, conseguiu transformá-la em um dos maiores conglomerados de mídia do mundo, tornando-a controladora dos estúdios de cinema e dos canais de TV paga, FOX, das operadoras de TV por assinatura SKY e DirecTV (incorporada no final de 2003 pela News), do site de relacionamentos My Space, do jornal "New York Post", dentre outros.

De acordo com a revista Forbes 400 de 2013, Murdoch é a 91ª pessoa mais rica do mundo, e a 33ª nos EUA com uma fortuna de 13,4 bilhões de dólares e é a 33ª pessoa mais poderosa do mundo segundo a mesma publicação.[2]

Escândalo do News International[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2011, Murdoch enfrentou acusações de que suas empresas, incluindo o News of the World, de propriedade da News Corporation, se utilizavam da prática ilegal de grampos telefônicos, em telefones e celulares da realeza, de celebridades e até de cidadãos comuns, para obter notícias, caracterizando crime contra a privacidade. No dia 21 de julho de 2012, Murdoch renunciou o cargo de diretor do News International.[3]

Atualmente Rupert Murdoch se encontra sob investigações e processos federais da polícia e do governo britânico, relacionadas a suborno e corrupção, bem como nos EUA, pelo FBI, que investiga crimes semelhantes em solo americano.


Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

Casamentos[editar | editar código-fonte]

Em 1956 casou-se com Patricia Booker, uma ex- assistente de loja e comissária de bordo de Melbourne, Austrália, e tiveram sua única filha, Prudence em 1958.[4] [5] Em 1967 o casal se divorciou.[6]

Em 1967 casou-se com Anna Maria Torv (Tõrv),[7] uma jornalista cadete escocesa que trabalhava para o jornal de Sydney de Murdorch, The Daily Telegraph.[8] Durante seu casamento com Torv, uma católica romana, Murdoch foi feito Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno (KSG), uma honra papal concedido pelo Papa João Paulo II.[9]

Torv e Murdoch tiveram três filhos: Elisabeth Murdoch(nascida em Sydney,Austrália, no dia 22 de agosto de 1968),Lachlan Murdoch (nascido em Londres, Reino Unido, no dia 8 de Setembro 1971) e James Murdoch, (nascido em Londres, Reino Unido,no dia 13 de Dezembro 1972)..[10] [11]

As empresas de Murdoch publicaram dois romances de sua então esposa: Family Business (1988) e Coming to Terms (1991), ambos amplamente considerados publicações por vaidade.

Eles divorciaram-se em Junho de 1999, Anna Murdoch recebeu US$ 1.7 bilhões em ativos, incluindo US$110 milhões em dinheiro. Ficou conhecido com o divórcio mais caro do mundo.[12]

Em 25 de junho de 1999, 17 dias após divorcia-se da sua segunda mulher, Murdoch, então com 68 anos, casou-se com a chinesa Deng Wendi (Wendi Deng).[13] Ela tinha 30 anos, formada recentemente em Yale School of Manegement, e recém nomeada vice-presidente da STAR TV uma das empresas de Murdoch.

O casal tem duas filhas, Grace (nascida em 2001) e Chloe (nascida em 2003).

Em 13 de junho de 2013, um porta-voz da News Corporation, confirmou que Murdoch pediu divórcio de Deng em Nova York, EUA, onde o agora ex- casal mora.[14] De acordo com o porta- voz, o casamento tinha sido terminado irremediavelmente há mais de seis meses.[15]


Filhos[editar | editar código-fonte]

Murdoch tem seis filhos.[16] Sua filha mais velha, Prudence MacLeod, foi nomeada em 28 de janeiro de 2011 para o conselho da Times Newspapers Ltd, parte do News International, que publica o o The Times e o The Sunday Times.[17] O filho mais velho, Lachlan ex-vice-diretor de operações do News Corporation e do editor do New York Post, era o herdeiro de Murdoch aparente antes de se demitir de seus cargos executivos na empresa de mídia global, no final de julho 2005.[18] A saída de Lachlan deixou seu irmão James Murdoch executivo-chefe do serviço de televisão por satélite British Sky Broadcasting desde novembro de 2003, como o único filho de Murdoch ainda diretamente envolvido com as operações da empresa, embora Lachlan concordou em permanecer a bordo da News Corporation. [19] Depois de se formar em Vassar College[20] e casar-se com o colega de classe Elkin Kwesi Pianim (o filho do magnata financeiro e político ganês Kwame Pianim) em 1993, a filha de Murdoch, Elisabeth, junto com seu marido compra um par de estações de televisão NBC-afiliados na Califórnia, KSBW e KSBY, com um empréstimo de 35 milhões dólares fornecidos por seu pai. Rapidamente reorganiza-los e revendê-los em 1995, com um lucro de US$ 12 milhões. Elisabeth emergiu como um rival inesperado para seus irmãos para a eventual liderança do império de Murdoch. Mas depois de divorcia-se do seu primeiro marido em 1998 e discutir publicamente com seu mentor designado Sam Chisholm na BSkyB,ela saiu por conta própria, como uma produtora de filmes e televisão em Londres. Desde então ela tem aproveitado o sucesso independente, em conjunto com seu segundo marido Matthew Freud, o bisneto de Sigmund Freud (fundador da Psicanálise), a quem ela conheceu em 1997 e casou-se em 2001.

É relatado haver tensão entre Murdoch e os seus filhos mais velhos sobre os termos do trust holding da família que detém 20,5 porcento de participação na News Corporation, estimado em 2005, em US$6.1 bilhões. Na trust holding, suas filhas com Wendi Deng, tem participação nos lucros das ações, mas não têm direito a voto ou controle do estoque[das ações]. Os direitos de voto no estoque[de ações] são divididos 50/50 entre Murdoch, de um lado e os filhos de seus dois primeiros casamentos. Os privilégios de voto de Murdoch não são transferíveis, mas irá expirar após a sua morte e as ações irão então ser controladas unicamente por seus filhos dos casamentos anteriores, mas suas meias-irmãs continuaram a obter a sua cota de renda a partir dele.

É o desejo declarado de Murdoch que suas filhas com Deng que seja dada uma medida de controle sobre o estoque proporcional à sua participação financeira em que nela(o que significaria, se Murdoch morre enquanto pelo menos uma das crianças é menor de idade, que Deng exerceria que controle). Não parece que ele tem fortes fundamentos jurídicos para contestar o presente acordo, e ambos sua ex-esposa Anna e seus três filhos são contra qualquer mudança.[21]


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Rupert Murdoch
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências