Fotosfera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A fotosfera de um dado objeto astronômico é a região onde um dado corpo ou matéria deixa de ser transparente, isto é, opaca à luz - a superfície visível de um dado objeto astronômico, geralmente, corpos gasosos. Em outras palavras, um corpo gasoso não possui uma superfície sólida, tendo, porém, um limite onde o gás passa a ser opaco à luz.

Constantemente, o termo fotosfera é mencionado em estrelas, com destaque para o Sol. A fotosfera do Sol possui uma temperatura mínima de 6 000 kelvin e aproximadamente 300 km de extensão, mas tal temperatura e extensão variam de estrela a estrela (gigantes vermelhas possuem uma fotosfera consideravelmente mais fria que anãs brancas ou gigantes azuis, por exemplo).

As propriedades da fotosfera são relativamente estáveis no tempo e por isso as radiações emitidas pelo Sol, no visível e Infravermelho, são praticamente constantes.1

Acima da fotosfera solar ficam a cromosfera solar, e mais externamente, a coroa solar.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. 1991-VOLKER W. J. H. KIRCHHOFF - Introdução à Geofísica Espacial


Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.