Francesco Barberini (1662–1738)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Francesco Barberini, iuniore
Cardeal da Santa Igreja Romana
Deão do Sagrado Colégio dos Cardeais

Título

Cardeal-bispo de Ostia-Velletri
Ordenação e Nomeação
Ordenação Presbiteral 15 de setembro de 1715
Ordenação Episcopal 16 de março de 1721
Cardinalato
Criação 27 de novembro de 1690, pelo Papa Alexandre VIII
Brasão
CoA Francesco Barberini Sr.svg
Dados Pessoais
Nascimento Itália Roma
12 de novembro de 1662
Falecimento Itália Roma
17 de agosto de 1738 (75 anos)
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Francesco Barberini, dito o Menor[1] (Roma, 12 de novembro de 1662 - Roma, 17 de agosto de 1738) foi um cardeal italiano, Deão do Sagrado Colégio dos Cardeais. Era membro da tradicional família Barberini.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido da tradicional família Barberini, era sobrinho-bisneto do Papa Urbano VIII e dos cardeais Antonio Marcello Barberini e Lorenzo Magalotti, sobrinho dos cardeais Francesco Barberini e Francesco Maria Macchiavelli, sobrinho do cardeal Carlo Barberini e primo do cardeal Rinaldo d'Este.

Cardinalato[editar | editar código-fonte]

Foi criado cardeal no consistório de 13 de novembro de 1690 pelo Papa Alexandre VIII, recebendo o barrete cardinalício e o título de Cardeal-diácono de Santo Ângelo em Pescheria em 27 de novembro, mesmo antes de ser ordenado diácono, pois tinha um tio e um primo já cardeais. Participou do conclave de 1691 que elegeu o Papa Inocêncio XII.

Foi ordenado diácono em 26 de setembro de 1700. Em 6 de maio de 1715, para a ordem dos cardeais-presbíteros com o título de São Bernardo nas Termas Dioclecianas e em 15 de setembro, é ordenado padre. Em 11 de maio de 1718, passa ao título de Santa Praxedes.

Episcopado[editar | editar código-fonte]

Passa a ordem dos cardeais-bispos, recebendo a Sé Suburbicária de Palestrina, sendo consagrado bispo pelo cardeal Fabrizio Paolucci em 16 de março de 1721. Participou do Conclave de 1721, que elegeu o Papa Inocêncio XIII e do Conclave de 1724, que elegeu o Papa Bento XIII.

Em 22 de junho de 1726, é nomeado prefeito da S. C. para os Bispos e Regulares. Em 1 de julho de 1726, passa a ser o deão do Sacro Colégio dos Cardeais, passando a ser o titular da Sé Suburbicária de Ostia-Velletri. Dessa forma, preside o Conclave de 1730, que elegeu o Papa Clemente XII.

Faleceu em 17 de agosto de 1738. Solenemente transferido para a igreja de S. Andrea della Valle, em Roma, onde o funeral teve lugar, foi enterrado lá, temporariamente. Mais tarde, seus restos mortais foram transladados para Palestrina, e sepultado na igreja de S. Rosália, no túmulo de seus antepassados.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Dito o Menor ou iuniore em contraposição a Francesco Barberini, seu homônimo tio-avô, chamado de o Sênior, também cardeal.
Precedido por
Gasparo Cavalieri
Cardeal
Cardeal-diácono de Santo Ângelo em Pescheria

16901715
Sucedido por
Carlo Colonna
Precedido por
Lorenzo Casoni
Cardeal
Cardeal-padre de São Bernardo nas Termas Dioclecianas

17151718
Sucedido por
Bernardo Maria Conti, O.S.B.
Precedido por
Bandino Panciatici
Cardeal
Cardeal-padre de Santa Praxedes

17181721
Sucedido por
Giuseppe Sacripante
Precedido por
Francesco del Giudice
Cardeal
Cardeal-bispo de Palestrina

17211726
Sucedido por
Tommaso Ruffo
Precedido por
Fabrizio Paolucci
Coat of arms of the Vatican City.svg
Prefeito da Sagrada Congregação dos Bispos e Regulares

17261738
Sucedido por
Giuseppe Firrao
Precedido por:
Fabrizio Paolucci
Brasão arquiepiscopal
Cardeal-bispo de Óstia-Velletri

Sucedido por:
Pietro Ottoboni
Deão do Sacro Colégio dos Cardeais
17261738